Archive for 6 de março de 2007

h1

Igreja Adventista repudia crime ocorrido

março 6, 2007

Igreja AdventistaIgreja Adventista repudia crime ocorrido em seu templo e publica nota oficial
Por Redação
05 de março de 2007
Brasília, DF… [ASN] É com profundo pesar que a Igreja Adventista do Sétimo Dia manifesta sua dor pelo crime bárbaro que ocorreu em um de seus templos, na cidade de Joinville-SC, vitimando uma criança de 1 ano e 8 meses.

A Igreja salienta que se a comunidade está chocada com o que aconteceu, os adventistas do sétimo dia estão mais ainda, já que um criminoso utilizou-se de um dos seus templos para realizar um ato de tão grandiosa maldade.
Ao tomar conhecimento do fato a administração da Igreja mobilizou-se no sentido de solicitar à polícia que todos os fatos sejam esclarecidos e os responsáveis sejam punidos de acordo com a lei.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia é mundialmente conhecida pelo seu profundo interesse na educação integral das crianças. É preocupação da Igreja zelar pelo desenvolvimento físico, mental e espiritual dos pequeninos. Para isto conta com uma rede escolar que administra mais de 560 estabelecimentos de ensino em toda a América do Sul. Dispõe de dois setores voltados para o desenvolvimento integral da criança que são os Clubes de Aventureiros, direcionados para crianças de 6 a 9 anos e Desbravadores, que atende crianças dos 10 aos 15 anos de idade. Conta ainda com departamentos infantis em todos os seus templos. Nestes locais, divididas por faixas etárias, as crianças recebem ensinamentos bíblicos e orientações para serem bons cidadãos, úteis à comunidade.

A igreja ainda destaca que, anualmente, realiza em todo o território sul-americano, uma campanha denominada “Quebrando o Silêncio” onde aborda o tema da violência. No ano de 2006 o enfoque da campanha foi justamente trabalhar no sentido de reprimir a violência que é feita contra as crianças.

Toda a comunidade adventista, desde o momento em que o fato se tornou conhecido, está orando intensamente pela família e pedindo às autoridades responsáveis que tomem todas as medidas necessárias para que os fatos sejam apurados e este crime seja elucidado.

Abaixo transcrevemos nota oficial que foi encaminhada à imprensa:

“A Igreja Adventista do Sétimo Dia em Santa Catarina vem a público, diante do episódio lamentável ocorrido nas dependências de uma congregação em Joinville, no último sábado, para dizer que repudia com veemência esse ato horrendo que vitimou a criança.

Somos conhecidos por pregar contra a violência e a favor dos valores cristãos, entre os quais o da valorização da família e o respeito às crianças. Lamentamos profundamente o ocorrido e nos unimos à família enlutada, realizando, desde o momento em que tomamos conhecimento do fato, tudo o que está ao nosso alcance para diminuir a dor e a tristeza.

Frisamos que, nos termos do ordenamento constitucional brasileiro, os templos adventistas são abertos ao público e que a Igreja não pretende substituir aos órgãos de segurança pública, mas lamentavelmente foi vítima nesse episódio, ao que tudo indica, de um criminoso. E nessa condição de vítima do ato bárbaro, a Igreja está ao lado da Polícia e da Justiça na busca da elucidação completa do episódio.

Esclarecemos que o crime ocorreu alheio ao nosso conhecimento e estamos colaborando desde o momento da descoberta do crime de todas as formas possíveis.

Salientamos, por fim, que nesse momento todos os seus membros que já tomaram conhecimento do fato concentram suas orações ao Pai Celeste em favor dos familiares da vítima.” [Equipe ASN – Brasília]
Última Atualização ( 06 de março de 2007 )

Anúncios