Archive for 1 de julho de 2007

h1

Guerras do povo de Israel

julho 1, 2007

Há alguns dias estava no colégio, até que alguém me abordou. Com algumas dúvidas sobre a Bíblia, após ter estudado mais sobre esse assunto resolvi colocar isso aqui no blog, pois a mesma pode assolar muitas jovens.

Deram-me um papel que dizia que o povo de Israel tinha desobedecido a Deus, e que Ele não era bondoso e ainda se contradizia.

  1. Não era bondoso porque, quando o povo de Israel iria entrar na Canaã já habitavam ali povos, gigantes, entre outros. E Deus não usou de sua misericórdia para com aqueles povos, e quis logo exterminá-los.
  1. Deus se contradizia porque algum tempo antes do povo chegar à Canaã Ele dera os dez mandamentos, escritos pelo dedo dele. E nesse decálogo dizia:”Não matarás”. E ali o povo teria que matar. Seria uma contradição?

Pensei muito, orei, e estudei a fonte que vem todo o poder: a palavra de Deus. E também a história desse mundo.

Na antigüidade, o povo, que não era nenhum pouco desenvolvido com relação ao nosso tempo, viviam em guerras. Você pode pensar que foi parecido com a 2ª Guerra Mundial talvez ou até com a recente guerra entre EUAxIraque. Mas, em suma a guerra que existia naquela época era semelhante porque havia um confronto mental e físico entre pessoas. Contudo, naqueles tempos não existia pistolas, revólveres, carros, aviões. O que existia eram espadas, flechas e instrumentos de batalhas simples.

Outro fator para se notar da época que o povo de Israel saiu do Egito era que não existiam leis para com as guerras, como não existia?!? Atualmente, sabemos que existe a ONU, que depois da Primeira Guerra Mundial foi fundada para manter a paz mundial entre os países membros. A ONU pode até não funcionar, mas ela existe, e tem seus objetivos.

O que quero dizer é que não existia nenhuma organização,seja ela governamental ou não, que podesse impor suas regras para o povo de Israel. Uma lei muito falada naquele tempo é o chamado “Código de Hamurábi“. Que foi instituído na Mesopotâmia pelo rei Hamurábi. O chamado “Olho por olho dente por dente”. O que isso significa? Quer dizer que se alguém cometesse um crime pagaria como pena o seu próprio crime. Ou seja, fazia parte da cultura daquela época matar, pois se não matassem eles morriam. Deus respeita as épocas e culturas, e que época dífcil aquela do povo de Israel, existindo nações, tribos, povos, pessoas buscando por status, ou melhor, buscando cada vez possuir mais terras. A luta era por status, quem tivesse mais terras teria mais “poder”. E a única forma de conseguir terras era expulsando povos de determinados territórios. E quem daria seu território sem primeiro lutar?!? Era preciso matar por metros de terras. E essa cultura nos acompanhou por muitos tempos ainda, e foi desaparecendo devagarzinho até os dias de hoje. Logo, Ele precisava agir de alguma forma para o povo entender, sendo essa a única forma. Como, atualmente, Ele não agiria dessa forma, pois nossa cultura e leis já são totalmente diferentes. Forma cruel??Certamete, não era do agrado de Deus, forma talvez repugnante, não era o que sonhou,entretanto o homem procura a cada vez mas se desviar do seu caminho…

Existe um versículo em Gênesis 15:13-16 que diz o seguinte:

então, lhe foi dito: Sabe, com certeza, que a tua posteridade será peregrina em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos. Mas também eu julgarei a gente a que têm de sujeitar-se; e depois sairão com grandes riquezas.E tu irás para os teus pais em paz; serás sepultado em ditosa velhice.Na quarta geração, tornarão para aqui; porque não se encheu ainda a medida da iniqüidade dos amorreus. (Gênesis 15:13-16)

Aí diz que quando Deus prometeu a terra prometida para Abraão os povos que viviam nela ainda estavam “no tempo da graça daquele tempo”. Logo, Deus não podia executar seu juízo. Mas, depois que o “tempo da graça deles” se fechou aí sim ele poderia executar segundo a vontade dos Amorreus, pois já tinha dado oportunidades demais. Portanto, podemos perceber que Deus usou misericórdia para com aqueles povos, e que Ele não desobedeu os dez mandamentos e nem se contradisse.

Você ainda pode pensar, mas Deus não quis dar mais tempo para o povo. Entretanto, se formos analisar bem, o tempo de todos acabará um dia, somos mortais. De uma hora ou outra iremos morrer. Por isso Deus também teve que estabelecer um plano para aquele povo. Outro fato interessante é o que diz em Romanos 6:23:

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor.

É interessante notarmos que a história está se repetindo, e sempre Deus tem dado oportunidades ao povo.

Atualmente, Ele está dando oportunidade a todos nós. Mas um dia essas oportunidades irão se acabar, então Ele voltará! E todo olho O verá. Não, adianta nem correr. Ainda estamos no tempo da graça, a porta ainda não se fechou. Mas, está muito perto de se fechar. Como Deus fez um dia com os Amorreus, um dia fará com essa Terra. Entretanto, o povo escolhido de Deus, que estudou sua palavra, guardou os mandamentos e tiveram fé, esses subirão para as Mansões Celestiais. Que possamos nos preparar para esse grande dia!

h1

Onde Estão Os Bits Que Te Dei?

julho 1, 2007

Durante os dias 28/06 e 01/07 no Newbold College está acontecendo reuniões do GIEN, sigla em inglês, que significa Rede de Evangelismo internético Global. Com o objetivo de promover na igreja um crescimento também direcionado à tecnologia.

No fórum deles tinha, esse pequeno texto que copiei na íntegra, dito por um dos palestrantes. Achei interessante a analogia usada com relação à internet e quis colocar aqui. Logo abaixo você poderá assistir também a um vídeo do Pr. Jan Paulsen, presidente da Associação Geral falando sobre evangelismo na internet.Fala sobre a importância de usarmos nossos dons para o anuciar a iminente volta de Jesus.

Leia:

Mais do que nunca é hora de clamarmos a todo mundo que Jesus está voltando.

Eis um trocadilho que um dos palestrantes fez referente a uma possível pergunta que Jesus pode nos fazer quando voltar: “Onde estão os bits que te dei?”

Se pensarmos a fundo, realmente isto faz todo o sentido. Se nossos conhecimentos e esforços no mundo virtual não forem dedicados a pregação do evangelho, não estamos usando o dom que Deus nos deu e isto nos será cobrado. Qual outro propósito pode ter esta vida que não seja abreviar a volta de Jesus a este mundo?

Nada acontece debaixo do céu que não esteja nos planos de Deus, logo toda a tecnologia e a era digital com sua virtualização foi homologado pelo céu, antes de começar a ser implantado na terra, para ajudar a abreviar a volta de Jesus.

O Diabo, que não perde tempo visto de seu tempo ser curto, usa de todas as maneiras possíveis um arsenal de ferramentas e métodos para atingir seus objetivos malignos. E como é de costume, ele não pergunta por ética, legalidade, privacidade, moralidade, escolha, mas aplica muito bem planejamento e estratégia.

Estamos felizes em ver que Deus tem guiado a liderança de seu povo em escolher palestrantes de tão alto nível para abordar de maneira cristã, porém com firmeza e sem voltas, diversos temas que envolvem globalização, planejamento, estratégia, futuro, ética e outros na prática da “comunicação” deste evangelho do reino.

Como cada um irá se colocar nas mãos de Deus para assim usar o dom que Ele deu é uma pergunta que precisa de resposta pessoal hoje, porque amanhã podemos estar em frente ao Deus do Universo ouvindo a pergunta: “Onde estão os bits que te dei?”

Meu desejo é que possamos ser sempre luzes a irradiar os raios da esperança do breve retorno de Jesus no mundo real e no virtual, trazendo assim mais e mais pessoas a Seus pés.

Retirado de GADW.