h1

Fazer soar a nota de alarme

agosto 19, 2007

[Ainda falando sobre o sábado…]

“Reconhece-O em todos os teus caminhos, e Ele endireitará as tuas veredas”. Prov. 3:6.
Devemos reconhecer a Deus em todos os nossos caminhos, e Ele dirigirá nossas veredas. Devemos consultar-Lhe a Pa- lavra em humildade de coração, pedir-Lhe o conselho, e submeter nossa vontade à Sua. Nada podemos fazer sem Deus.
Temos a mais alta razão para prezar Seu verdadeiro sábado e colocar-nos em sua defesa, pois ele é o sinal que distingue o povo de Deus do mundo. O mandamento que o mundo anula é aquele a que, por essa mesma razão, o povo de Deus dará maior honra. É quando o incrédulo lança desprezo sobre a Palavra de Deus que os fiéis Calebes são chamados. É então que eles permanecerão firmes no posto do dever, sem ostentação e sem se desviarem por causa do vitupério. Os espias incrédulos estavam prontos a destruir Calebe. Ele viu as pedras nas mãos daqueles que haviam levado um relatório falso, mas isto não o deteve; tinha uma mensagem, e havia de comunicá-la. O mesmo espírito será manifesto hoje por aqueles que são fiéis a Deus.

 

Diz o salmista: “Eles têm quebrantado a Tua lei. Pelo que amo os Teus mandamentos mais do que o ouro, e ainda mais do que o ouro fino”. Sal. 119: 126 e 127. Quando os homens se achegam para mais perto de Jesus, quando Cristo lhes habita no coração pela fé, seu amor pelos mandamentos de Deus se torna mais forte à medida que o desprezo do mundo se amontoa sobre Seus santos preceitos. É a esse tempo que o verdadeiro sábado deve ser posto diante do povo tanto pela pena como pela palavra. Ao ser o quarto mandamento bem como os que o observam passados por alto e desprezados, sentem os fiéis que é tempo, não de ocultar sua fé, mas de exaltar a lei de Jeová, desfraldando a bandeira em que se acha inscrita a mensagem do terceiro anjo, os mandamentos de Deus e a fé de Jesus.
Não sancionem aqueles que possuem a verdade tal qual ela é em Jesus, sequer por seu silêncio, a obra do mistério da iniqüidade. Não cessem eles de fazer soar a nota de alar- me. … A verdade não deve ser escondida, não deve ser negada ou disfarçada, mas plenamente confessada, e proclama- da com ousadia. – 2ME, 369 e 370.
Ano Bíblico: Jer. 30.32. – Juvenis: S. Mat. 8.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=237

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: