h1

Heróis

janeiro 24, 2009

Todos nós temos heróis em que nos inspiramos e aspiramos. Vai dizer que você nunca sentiu aquele frio na barriga quando o Clark Kent – com sua capa vermelha com super “S” estampado – impedia que uma represa explodisse e inundasse Metrópolis? Nem quando o Peter Parker, vestido de aracnídeo, salvava a Mary Jane de uma queda entre os prédios de Manhattan? Ou nunca sentiu o sangue ferver em ver o Rock Balboa subir as escadarias da Filadélfia disparando jabs no ar? Não poderíamos deixar de lado o mais amado X-Men, o Wolverine – também conhecido como Logan – fatiando paredes de puro aço como se fossem folhas de papel. E ainda se surpreender como o Bruce Wayne, que sempre tem um brinquedinho tecnológico para fugir quando o Coringa lhe aplica um xeque-mate com cartas marcadas.

Contudo, há heróis de carne e osso bem mais reais que fazem os nossos corações baterem mais rápido. Um dos maiores exemplos fazia a metade da nação brasileira levantar mais cedo aos domingos. Senna levava o orgulho de toda uma nação no cockpit de uma McLaren a 300 km/h. Na segunda pela manhã, corríamos pelas ruas e gritávamos bem alto que tínhamos o melhor piloto de carro do mundo. Também podemos no gabar de termos o melhor jogador de futebol de todos os tempos. Quando Pelé pegava na bola, fazia o “Maraca” todo enlouquecer, não se sabia mais qual era o limite entre os dois, parecia um só, tamanha a intimidade deles.

Só que o tempo de Pelé passou… Os nossos super heróis como Superman, Homem-Aranha, Wolverine, Batman e quantos mais vier à mente, não passam de linhas de lápis e tinta no papel ou até imagens em lapela de filmes. O Senna teve o triste de fim de encontrar um muro no qual não poderia transpor e que o levaria a um profundo sono. Hoje o seu corpo se encontra no Cemitério do Morumbi e é o túmulo mais visitado do Brasil. No entanto, somente um super Herói venceu e transpôs todos os obstáculos. Ao contrário dos outros que tinham grandes poderes, este Herói abdicou de todos os seus poderes e saltou na terrível arena do inimigo. Jesus provou que é na fraqueza que nos tornamos fortes, e carregou em suas costas o maior peso que pode se ter notícia. Mas, cada gota de sangue desta batalha foi válida para salvar-nos.

Contribuição: Marcondes Ricarte, jovem adventista, Rio de Janeiro

One comment

  1. Jesus é o Nosso maior héroi! e o melhor e tudo é que ele é real!

    Um abraço a todos do Portal JA!

    by, Danillo Araújo.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: