h1

A mais querida

dezembro 18, 2013

Memorias do meu Avô

“Serás querida como outrora
Mulher nenhuma o foi jamais
E dia a dia, hora por hora
Hei de te amar cada vez mais.”

Oséas Florêncio de Moura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: