Archive for the ‘Editorial’ Category

h1

Não Acredita em Deus

julho 1, 2009

Não acredita em Deus

Preciso de sua resposta para ajudar uma amiga que está com duvidas a respeito de Deus. Abaixo segue a mensagem que recebi dela. Me diga como posso ajuda-la?

“Eu quis te mandar um e-mail hoje para te falar uma coisa muito importante e talvez você possa me ajudar, aliás, creio que você seja a pessoa mais indicada para isso. O fato é que eu estou na dúvida sobre a existência de Deus, é verdade não sei mais se eu acredito nisso. Fui em várias igrejas na vida e não acredito em religião, mas, em DEUS eu acreditava. Depois de alguns acontecimentos comigo, em que eu fui super legal com as pessoas e só recebi traição e mentiras eu não sei se acredito neste cara, sabe por quê?

Porque as pessoas que eu vejo enganar, mentir, trair e zoar com os outros sempre estão numa boa, os homens que traem enganam e mentem sempre estão cada vez mais cheio de mulheres e as mulheres que mentem traem , se prostituem e coisas do tipo sempre estão numa ótima, cheio de amigos e namorados e felizes.

Quando vejo estas situações é que me vem a dúvida, entende? Eu estou numa dúvida cruel e partir de hoje vou decidir se acredito em Deus ou não, porque se as pessoas que fazem o mal recebem o bem e estão felizes mesmo brincando com as pessoas , eu vou começar a fazer a mesma coisa. Não vou sair por aí enganando todo mundo, claro que não, isso não combina comigo, mas, deixarei de acreditar neste Deus que ao meu ver é injusto.

O que você tem a dizer sobre isso? Preciso que você que é religiosa me explique isso.”

Na verdade, eu tenho o meu próprio entendimento sobre este assunto, mas não sei expor de forma que ela possa entender.

MINHA RESPOSTA PARA VOCÊ E SUA AMIGA:

Me parece que a garota que escreveu para você está mais carente emocionalmente do que em dúvida. Ela está se sentindo para baixo e pedindo socorro. O melhor é tentar conversar com ela por telefone, ou até mesmo fazer uma visita. É carinho e interesse que ela quer.

Quanto à questão de Deus ela tem que entender algumas coisas:

1. Será que aqueles que fazem tudo errado estão felizes mesmo? Nem tudo o que parece ser é assim mesmo.

2. Ser feliz, é ter um sentimento, ou ter alguma coisa? Ela coloca sempre que os outros tem isso ou aquilo. Felicidade não é ter as coisas, mas ser alguma coisa. O que a gente mais vê por ai são pessoas pobres fiéis e felizes, e ricos querendo se livrar um pouco do peso da fama ou da riqueza para ser gente “normal”.

3. Será que para nos fazer felizes Deus tem que dar o que queremos, ou Ele sabe o que é melhor para nós? Como é que uma mãe age com um filho?

4. Esta infelicidade que ela está sentindo vem de Deus, ou é um resultado da maneira como ela tem se comportado e encarado a vida? Digo isso, porque quando as pessoas são muito pessimistas, negativas ou azedas, acabam atraindo isso para si também. Aquilo que alguém dá para a vida é o que a vida vai lhe devolver.

5. Desacreditar em Deus e viver sem Ele vai trazer que benefícios para ela? Será que ao tirar Deus da vida, automaticamente a felicidade vai aparecer. Pelo que pude notar ela já está desacreditando em Deus, e mesmo assim não se sente feliz.

Dê carinho e atenção a ela, pois é a maior necessidade. Além disso, continue orando por ela.

Maranata!

Erton Köhler

Anúncios
h1

Homenagem às mães

maio 10, 2009

apiormae

Eu tive a pior mãe do mundo. Enquanto outras crianças podiam comer doces para o café da manhã, eu precisava comer mingau, frutas e pão. Meus amiguinhos tinham Coca Cola e balas no almoço, mas eu tinha de comer arroz com feijão, legumes e saladas. Como você pode adivinhar, meu jantar também era diferente daquele com o qual os outros meninos se deliciavam.

Mas pelo menos, eu não sofria só. Minha irmã e meus dois irmãos tinham a mesma mãe tirana que eu. Mamãe insistia em saber exatamente onde estávamos em qualquer hora. Podia se pensar que éramos alguma espécie de criminosos. Ela fazia questão de saber com quem andávamos e o que fazíamos. E insistia que, se disséssemos que íamos sair por uma hora, tínhamos de voltar dentro de uma hora ou antes. Não podia ser uma hora e mais uns minutinhos.

Quase tenho vergonha de contá-lo, mas ela até batia em nós! E não o fazia apenas uma vez, mas todas as vezes que saíamos da linha. Você pode imaginar alguém chegar ao ponto de dar palmadas numa criança, somente porque ela desobedeceu ? Hoje ela seria presa, com certeza! Seria objeto de reportagens na televisão. Agora você está começando a entender quão cruel ela era realmente.

E ainda não contei o pior. Todas as noites, às nove horas, já devíamos estar na cama. E no dia seguinte, estar de pé, bem cedo. Mesmo nas férias, não podíamos dormir até o meio dia, como faziam nossos amigos. Ah não! Enquanto eles descansavam à vontade no conforto de sua cama, nós éramos forçados a levantar, fazer o culto e trabalhar lavando louça, forrando cama, aprendendo a cozinhar e outras coisas ruins. Desconfiávamos que ela ficava acordada de noite, procurando pensar em outras coisas piores para exigir de nós. Mamãe sempre insistia para que falássemos a verdade, toda a verdade e nada de mentiras, mesmo se isso nos custasse a vida, como quase acontecia…

E ao chegarmos à adolescência, mamãe já estava com mais prática, e nossa vida se tornou quase insuportável. Nada de um namorado chegar à frente da casa e chamar-nos com uma buzinada. Ficávamos até envergonhados com a sua insistência de que os namorados e amigos tinham de vir à porta nos buscar. Ah, quase me esqueci de contar que, enquanto outros estavam namorando na idade amadurecida de doze ou treze anos, minha mãe quadrada não me deixou namorar antes dos quinze ou dezesseis. Quinze, isto é, quando se tratava de uma festa na igreja ou na escola o que acontecia duas ou três vezes por ano. E por falar em igreja, éramos forçados a frequentá-la, sem falar na Lição da Escola Sabatina e na Bíblia, que éramos obrigados a estudar…

Minha mãe foi realmente um fracasso. Nenhum de seus filhos jamais foi preso pela polícia ou divorciado; nenhum deles costuma bater em sua esposa. Cada um dos filhos homens prestou seu período de serviço no exército e são profissionais conceituados. E a quem poderemos responsabilizar por sairmos desse jeito? Exatamente – a minha mãe.

Pense só nas coisas que perdemos. Nunca tivemos a experiência de marchar numa demonstração contra o governo ou numa greve; jamais quebramos os móveis da nossa universidade, nem incendiamos automóveis, além de outras mil coisas que alguns de nossos colegas faziam.

Mamãe nos forçou a nos tornarmos adultos instruídos, honestos e tementes a Deus.

Agora, com a própria experiência como base, estou procurando criar meus próprios filhos. Eu não me preocupo quando eles acusam de ser cruel. Até fico contente com esta opinião. Porque, como você percebeu, dou graças a Deus que Ele me deu a “PIOR” mãe do mundo.

Fonte: USB
parabensmaes

h1

Feliz 2009!

dezembro 31, 2008

h1

Feliz 2009!!

dezembro 31, 2008

Feliz 2009!

Você já fez sua lista de metas para 2009? Já fez suas promessas e pedidos? É bem comum que isso aconteça sempre no dia 31 de dezembro, quando sabemos que daqui a poucas horas estaremos em um novo ano.

Mas, o que esse tempo significa para você? O tempo tem determinado nossas vidas com tamanha intensidade, que somos capazes de adestrar nossos maiores desejos e sonhos de olho no relógio e na contagem regressiva do ano que vai chegar.

Acredito que verdadeiramente devemos nos empolgar com a idéia que podemos fazer mais um pouco, ter uma vida melhor e pensar no nosso futuro, mas temo que não estejamos reconhecendo aquilo que já possuímos.

O agradecimento geralmente passa por despercebido quando estamos prestes a concluir nossas preces de final de ano, esse, que na sua essência, revela o merecimento que nos é cabível pela graça divina.

Você já orou hoje? Afinal, amanhã é só mais um dia, e não deixará de ser amanhã só por que se trata de outro ano. Da mesma forma é a nossa salvação, não é por que estamos prestes a entrar em um novo ano que deixaremos de ser gratos ainda neste.

Não adianta viver uma vida correta e tentar fazer sempre o melhor se não temos o costume de agradecer. Muito mais preocupado com o tempo do que você, está o Pai do Céu, que a muitos e muitos anos não pode estar junto dos seus filhos.

Você quer estar mais junto do Pai hoje, amanhã, e todos os dias até a eternidade? As portas dos Céus estão abertas, e é por você que Cristo conta o tempo!

Texto por Rebbeca Ricarte

h1

Aguardem!

fevereiro 5, 2008

Olá, devido ao feriado de carnaval. Não podemos colocar alguns posts aqui, tive um tempo agora e estou colocando isso aqui. Nos próximos dias tudo voltará ao normal, com algumas novidades.

Fiquem com Deus!

h1

#5 II Dia Campori – Jovens por uma Paixão

dezembro 6, 2007

 

Demorou mais saiu o segundo dia no campori de Jovens! Nesse dia alguns clubes foram fazer projetos comunitários, outros foram assistir a seminários. Mas no fim do dia todos fizeram uma Santa Ceia histórica! O lava-pés foi feito na cozinha de cada clube, após serem lavado os pés todos foram para um dos palcos onde houve a santa ceia. Algo muito lindo, que não dá pra descrever em meras palavras de um post…Talvez no vídeo você possa ver como foi. E é por isso que estamos trazendo esse vídeo para você. Tivemos que editar algumas coisas. Mas, em suma dá pra ver muitas coisas. A pregação desse dia e a peça do Getsêmani será em outro podcast. Então aguardem! Para deixar você com o gostinho na boca de ver, disponibilizamos nesse vídeo uma parte da pregação feita pelo Pr. Baraka Muganda, líder do Ministério Jovem da Associação Geral; e a peça do Getsêmani.

Nesse vídeo você poderá ver também os bastidores da peça e muito mais! Vale a pena ver!

Para ver no Canal clique aqui (assista na web)

Prepare-se para assistir o melhor dia de todos! Fique de olho nos próximos posts com relação ao campori! Próximos dias estão para vir!

h1

#3 Redmidos Clube no campori de jovens

novembro 20, 2007

Vídeo que tenta mostrar como um dos grandes clubes que foram para  o campori se comportaram! Não deixamos de pegar as melhores partes e trazer para você!

Aguardem por mais vídeos sobre o campori!