Archive for the ‘Vinicius’ Category

h1

O Hinário Adventista é para os Jovens da Igreja

agosto 31, 2009
Pr. Otimar

Pr. Otimar

Líder do Ministério Jovem Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia fala sobre a coletânea de hinos.

Cantar os hinos do Hinário Adventista é celebrar os extraordinários feitos do passado. É relembrar as histórias de lutas e desafios dos nossos pioneiros. È firmar parte de nossa histórica herança de fé cristã escrita com oração e muita dedicação por parte de nossos heróis do passado. Agora, o grande desafio é voltar a cantar os nossos hinos em reuniões de juvenis, jovens e adultos. Penso que ao deixarmos de cantar os hinos do Hinário estamos dizendo que o passado tem pouca importância.

O Hinário Precisa Voltar Com Força Total
O que deve ser o Hinário para nossa juventude na atualidade? Comparo a um diamante que está perdendo o brilho sutilmente. Por quê? Porque tem sido usado muito pouco em reuniões espirituais, em nossas reuniões e cultos para jovens e juvenis. Vejo que os jovens, na maioria das vezes, só querem cantar com o uso de projetores e computadores. Acho que estamos formando uma nova geração, absolutamente dependente das maquinas como nunca.

É Imperioso Usar a Capacidade Imaginativa
Percebo que, aos poucos, estamos perdendo nossa capacidade imaginativa e reflexiva na hora da adoração a Deus. Alguns irmãos já não levam mais o Hinário Adventista para a igreja, afinal os hinos serão projetados num lindo telão super colorido e todos poderão cantar fazendo uso da mais avançada multimídia mundial. Isso não é de todo ruim, só que tem que haver equilíbrio no uso da multimídia em nossas igrejas e eventos. O que ocorre na hora do louvor é que estamos olhando, na maioria das vezes, mais as paisagens, as imagens, o lindo colorido do que a própria letra da música que estamos cantando. Assim a música perde um pouco sua eficácia de fixar a verdade em nossa mente.

Excesso de Sermões em Power Point Está Atrapalhando
O mesmo ocorre com o excesso de sermões apresentados em Power Point – o que era pra ser uma bênção está limitando intelectualmente os pregadores e os ouvintes. Estamos perdendo a beleza da profundidade do texto bíblico. A beleza, na maioria das vezes, fica só no slide e nada mais. Tenho ouvido que algumas igrejas se cansaram de sermões em Power Point, em especial no Sábado de manhã. Nossos pregadores correm o risco da superficialidade bíblica e, assim, nossas igrejas não são nutridas espiritualmente como precisam e como devem ser.

Não Perca a Capacidade de Pensar e Arguir
“Cada ser humano criado à imagem de Deus é dotado de certa faculdade própria do Criador – a individualidade – faculdade esta de pensar e agir.” Ellen White; Educação, p. 17 Voltemos a usar nossa capacidade imaginativa e reflexiva de forma especial na hora da adoração a Deus. Pensemos nas coisas do alto. Precisamos, urgentemente, usar muito mais o nosso Hinário e suas músicas belas, significativas e inspiradoras. O DVD e o Cd Jovem não vieram para substituir ou anular o Hinário. Eles são apenas algumas “ferramentas” a mais para louvarmos o nome de Jesus. A intenção dos realizadores dos DVD e CD Jovem tem sido firmar na América do Sul o tema jovem de cada ano com uma ou mais músicas especiais. Além de auxiliar as igrejas mais simples que não dispõem de músicos para tocar nossos hinos.

Que Tipo de Música Você Está Oferecendo a Deus?
Outro tema preocupante é quanto ao estilo de música que estamos oferecendo a Deus nas nossas reuniões espirituais. Temos presenciado grande diversidade de estilos musicais. Então surge a pergunta: “Que tipo de música é aceitável por Deus?”. Percebo que o estilo de música neopentecostal está invadindo nossas igrejas. A emoção está tomando conta da adoração. Começamos com o movimento de levantar as mãos, em seguida veio a bateria elétrica e, agora, infelizmente já temos bateria acústica em algumas de nossas igrejas – isso é uma lástima. Pelo andar da carruagem, o próximo passo será dançar. Claro que isso não vai acontecer, porque Deus está no comando de Sua preciosa igreja.

O Que Ellen White Viu Em Matéria de Adoração com Instrumentos de Percussão nos Últimos Dias?
“As coisas que me descrevestes como tendo lugar em Indiana, o Senhor me revelou que haveriam de ter lugar imediatamente antes da terminação do tempo da graça. Demonstrar-se-á tudo o que é estranho. Haverá gritos com tambores (baterias), música e dança. Os sentidos dos seres racionais ficarão tão confundidos que não se pode confiar neles quanto a decisões retas.” Ellen White, Eventos Finais, p. 138. É interessante notar que a palavra para “tambores” no texto original, em inglês, da citação, é “drums”, que significa bateria. É importante frisarmos que nos centros de espiritismo e macumba os principais instrumentos usados são os tambores – a percussão. Qual música Deus aceita?

A Música Aceitável Por Deus
“A música só é aceitável a Deus quando o coração é consagrado, e enternecido, e santificado por sua docilidade”. Ellen White, Evangelismo. P. 512 O que me chama atenção na citação é a frase “o coração é consagrado”. É que o coração consagrado é seletivo, por sua natureza, na hora de escolher uma música para louvar o nome de Jesus. Esse desafio não é de hoje, é desde a época do apóstolo Paulo quando ele disse, em certa ocasião, escrevendo aos Coríntios: “Cantarei com o meu espírito, mas também com a mente…” I Coríntios 14:15. Paulo está falando que a música que deve ser cantada na casa de Deus, em especial, deve ter um tênue equilíbrio entre nossa emoção e razão, o que não é algo fácil de acontecer, porém, também não é impossível. Estou certo que a música sacra que agrada a Deus tem sutil equilíbrio entre a letra, a melodia, a harmonia e o ritmo. O nosso Deus é o Deus do equilíbrio. Satanás é o agente da desordem e ele está sempre nos extremos, e os extremos são sempre perigosos. Quando um dos quatro elementos universais da música chama demasiadamente a atenção para si, então começamos a ter um “ruído”, digo, uma interferência na prefeita adoração a Deus.

Cantemos com Razão e Emoção
É interessante frisarmos que a palavra no original grego para “espírito” é pneuma. Essa palavra é usada tanto para descrever o princípio vital que traz vida ao corpo como o espírito racional, o poder pelo qual o ser humano sente, pensa e decide. Já a palavra para mente é nous, ela descreve as nossas faculdades de perceber, de entender, de sentir, de julgar, é a razão no sentido mais estreito, é a nossa capacidade de perceber as coisas divinas, é o poder de ponderar com sobriedade, calma e imparcialidade. A palavra pneuma também é usada no Novo Testamento para referir-se ao Espírito Santo. A serva do Senhor, fazendo um comentário elucidativo sobre o texto Paulino de ICoríntios 14:15, disse, com firmeza: “Quando os seres humanos cantam com o espírito e com o entendimento, os músicos celestiais apanham a harmonia, e unem-se ao cântico de ações de graça.” Ellen White, Obreiros Evangélicos, p. 357.

Busquemos o Equilíbrio Espiritual na Adoração
Para mim está muito claro que, em se tratando de adoração musical ou ministério de louvor, é imperioso haver equilíbrio. Um cristão só poderá ser equilibrado espiritualmente se levar uma vida de estreita comunhão com Deus, porque daí vem sua percepção ou visão espiritual. Por quê? Por que as coisas espirituais “se discernem espiritualmente”. (I Coríntios 2:14) O Espírito Santo é quem nos fornece cada dia nova capacidade de discernimento espiritual. Já que estamos buscando o equilíbrio no louvor e na adoração A Deus, penso que estamos um pouco desequilibrados no uso excessivo dos DVDs e CDs Jovem em nossas reuniões espirituais. Se não houver uma tela grande, animada, colorida, com a letra da música e pessoas se movimentando na mesma, parece que nos limitamos na adoração a Deus. Estou convicto de que estamos perdendo nossa capacidade de imaginação e até de pensamento no que estamos louvando. Estamos supervalorizando o sentido da visão e nos esquecendo da santa imaginação e percepção espiritual.

Onde Usar o CD Jovem?
Quero pontuar algumas reuniões que considero mais apropriadas para o uso do CD Jovem, equipamento que todos so anos a igreja lança na América do Sul como subsídio para a juventude louvar a Deus. Estou certo de que o mesmo cabe para muito bem em nossas reuniões de pequenos grupos ou koinonias de jovens, camporis, acampamentos, retiros espirituais, congressos e no culto jovem se Sábado à tarde; o que também não impediria de usá-lo com mais critério em algumas reuniões formais da igreja. Já nos cultos de quarta-feira, domingo e, em especial, no Sábado pela manhã, é imprescindível cantarmos com os hinos do Hinário. São momentos de adoração distintamente mais solenes e formais. Penso que até uma ou outra música do DVD Jovem poderia ser cantada em nossos cultos mais formais, o que não podemos é fazer disso um modus vivendi – nossa forma de adorar. O DVD Jovem na pode substituir nosso poderoso Hinário Adventista. É claro que mesmo nessas reuniões que acabo de mencionar, também poderemos cantar hinos do Hinário Adventista em português, que tem 610 hinos. Percebo que não cantamos a metade deles porque não sabemos. O Hinário em português tem uma seção de 35 hinos voltados para os interesses peculiares da juventude. Já o Hinário Adventista em espanhol tem nove hinos voltados para os jovens, totalizando no geral 527 hinos. Também imagino que não usamos a metade.

É Imperioso Aprender Novos Hinos
O salmista diz: “Aleluia! Cantai ao Senhor um cântico novo e o seu louvor na assembléia dos santos.” Salmo 149:1. Parece-me mais oportuno que em cada culto ou reunião de jovens, reservemos um momento para aprender um hino novo do Hinário. Seria muito interessante que antes que aprendêssemos o hino, ouvíssemos um pouco da história de sua composição, o que seria extremamente enriquecedor para a juventude. Se assim fizermos, certamente o interesse dos jovens pelos hinos será outro, e o resultado será uma supervalorização dos nossos hinos, porque há sempre uma linda história por trás de cada um deles. É sempre oportuno valorizarmos mais a congregação, o todo por que “raramente deve ser o canto feito por uns poucos” (Ellen White, Evangelismo, p.504). Numa certa matéria no programa de mestrado em Teologia, ouvi de um professor que “o solo é a forma mais primitiva de adoração”. Portanto, cantemos em nossas reuniões espirituais com beleza, emoção e poder.

Deus Aceita Somente o Nosso Melhor
Quando o tema é adoração a Deus, é preciso que fique bem claro na nossa mente que Deus aceita somente o nosso melhor. Eu pergunto a você e a mim também: Tenho ofertado a Jesus aquilo que de melhor Ele me concedeu? O meu estilo musical está trazendo divisão para dentro da minha igreja, ou agrada apenas um segmento etário dentro da mesma? Os instrumentos que tenho usado na hora do louvor estão unindo ou trazendo desunião para a família de Deus? Quando faço apresentações musicais, meus irmãos me vêem como um “artista” ou como um irmão deles à serviço de Deus? Depois que me apresento, paro para ouvir o sermão em seguida ou fico rodando por aí dando autógrafos e tirando fotos? Tenho ouvido as críticas e as sugestões dos meus irmãos e tenho procurado mudar para melhor, ou minha percepção musical é o bastante?

Deus Ama o Equilíbrio e o Critério Espiritual
Ao usarmos o DVD e o CD Jovem é preciso que nos organizemos um pouco mais. Por exemplo: uma escala de pianistas e cantores encarregados de fazer o louvor é um sinal de importância para o Ministério da música. Usar mais o piano ou o órgão, em detrimento do play back reflete organização. Sempre começar os momentos de louvor com oração, orar com os músicos antes e depois dos ensaios, cuidar para que as vestimentas dos cantores e músicos estejam em harmonia com sua apresentação, levando sempre em conta a modéstia cristã. Leve em consideração que não somos artistas somos apenas os “amigos do noivo”, A glória é do noivo, o poder é do Noivo, a festa é para o Noivo, e quando o Noivo chega o amigo sai de cena.

Pastor Otimar Gonçalves Diretor do Ministério Jovem Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Setimo Dia
Artigo originalmente publicado na Revista do Ancião Abril – Junho 2009

Abraços,
Vinicius A. Miranda

h1

Novo site do Ministério Jovem Adventista da DSA

maio 20, 2009

Demoro alguns dias mas finalmente ficou pronto o site oficial do Ministério Jovem da DSA (Oficial)!
E está excelente! Vale a pena conferir! Clique na imagem para ser direcionado ao site.

h1

O que é devocional?

março 3, 2009

DevocionalÉ aquele período do dia em que separamos um tempo significativo para estar em comunhão com Deus de forma mais íntima. Tempo este que gastamos adorando-O, louvando-O, cultuando-O, lendo a Bíblia e orando.

Objetivos da devocional diária

1. Primeiro objetivo da devocional diária é desfrutar comunhão com Deus.
• Comunhão com Deus é um canal de dois sentidos, entre duas pessoas que se amam – VOCÊ e DEUS.
• Enquanto medita, concentre-se na pessoa de Deus, como está revelado em Sua Palavra. Leia o livro de Salmos, destacando o que Deus é, o que Ele faz.
• Enquanto medita, permita que Deus o molde conforme à imagem de Seu Filho (Rm 8:29;2 Co 3:18).
2. O segundo objetivo da devocional diária é agradar a Deus. “Mas a oração dos retos é seu contentamento” (Pv 15:8b). Que privilégio temos em alegrar a Deus gastando tempo com Ele!
3. O terceiro objetivo da devocional diária é descobrir princípios pelos quais devemos viver e dirigir nossas vidas. (Sl 119:105)
4. O quarto objetivo da devocional diária é desenvolver um estilo de vida de acordo com o ponto de vista de Deus.

Sugestões práticas para o seu tempo com Deus
1. Separe um tempo permanente e diário para passar com Deus.
2. Encontre um lugar onde possa estar a sós com Deus, livre de distrações.
3. Inicie com louvor e adoração.
• Você pode louvar e adorar a Deus através de ações de graça (Sl 28:7; Sl 100:4).
• Pode louvar e adorar a Deus lendo versículos da Bíblia em atitude de louvor e adoração. Utilize o livro de Salmos para este tempo.
• Pode-se louvar e adorar a Deus simplesmente permanecendo quieto em Sua presença. Não tenha pressa durante a sua devocional, mas preste reverência e respeito a Deus (SI 46:10).
4. Peça a Deus que sonde o seu coração (Sl 139:23-24).
• Confesse o seu pecado, ou seja, todo o pecado que lhe for revelado pelo Espírito Santo (Sl 66:18; 1 Jo 1:9).Para que a sua meditação seja proveitosa, você precisa estar livre de culpa e cegueira provocadas pelo pecado. Peça a Deus, o Espírito Santo, que revele o pecado que há em
sua vida e então confesse, concorde com Deus em relação àquele pecado.Depois de confessar os pecados revelados pelo Espírito Santo, passe novamente o controle de sua vida a Cristo, e pela fé, aproprie-se da plenitude do Espírito Santo.
5. Conteúdo do seu período devocional.
• Use a Bíblia para a sua devocional. Lembre-se que Deus nos fala através de Sua Palavra.
• Ore a Deus.

O papel da palavra de Deus na devocional diária
1. Ler a Bíblia é parte essencial da devocional diária. Lembre-se DEUS QUER FALAR CONOSCO.
2. Ao ler a Bíblia obtemos melhor conhecimento de Deus.
3. Nossa fé aumenta pela leitura da Bíblia (Rm 10:17).

Como ler a bíblia
1. Leia um parágrafo lenta e cuidadosamente. O objetivo da leitura bíblica é permitir que Deus fale ao seu coração e que você desfrute de comunhão com Ele. Este objetivo não será alcançado se você ler muito depressa ou sem concentração.
2. Pergunte-se como o texto se aplica à sua vida. É de grande ajuda fazer-se perguntas para aplicar as verdades bíblicas à nossa vida:
• O que o texto ensina a respeito de Deus? E a respeito de Jesus?
• Há algum pecado que devo confessar, ou evitar?
• Há alguma promessa que devo reinvindicar/apropriar?
• Há algum mandamento que devo obedecer?
• Há algum exemplo a ser seguido?
• Há algo que foge a minha compreensão e deve ser estudado mais tarde?
• Há neste texto alguma coisa pela qual devo orar hoje?
• Como posso aplicar à minha vida o que aprendi neste texto?
4. Tenha a mão papel e caneta.

O papel da oração na devocional diária
1. Jesus é o nosso exemplo (Mc 1:35).
2. Em seus momentos de oração, peça a Deus que o transforme à imagem de Seu Filho, Jesus (1 Co 3:18). Peça a Deus que manifeste em sua vida e experiência os traços do caráter e atitudes de Jesus.
3. Em seus momentos de oração interceda pela Igreja, Corpo de Cristo, sua comunidade local, necessidades especificas dos irmãos.
4. Mantenha um diário de oração.

Abraços,
Vinicius A. Miranda

h1

31 razões para cuidar com a televisão

fevereiro 2, 2009

O pastor americano David Wilkerson, um dos mais respeitados líderes cristãos deste século afirma que é hora de se aproveitar o tempo, e não desperdiçá-lo à frente da televisão. Ele é o criador da instituição “Desafio Jovem”, que trabalha na restauração de drogados e autor, entre outros, do livro “A Cruz e o Punhal”, best-seller que conta seu chamado para trabalhar com jovens delinqüentes em Nova York. Seu ministério teve repercussão mundial depois que se decidiu a utilizar em oração as duas horas que gastava diariamente vendo TV, nos EUA. Wilkerson relaciona 31motivos bíblicos para cristão tirar a TV de casa:

1. Temos um mandamento direto para não trazê-la para os nossos lares. “Não meterás, pois, cousa abominável em tua casa, para que não sejas amaldiçoado, semelhante a ela; de todo, a detestarás e, de todo, a abominarás, pois é amaldiçoada” (Deut. 7:26).

2. Coloca os telespectadores na roda dos escarnecedores. “Bem-aventurado é o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido” (Salmo 1:1-3).

3. Os vitoriosos não devem colocar nada que seja mau diante dos seus olhos. “Portar-me-ei com inteligência no caminho reto. Quando virás a mim? Andarei em minha casa com um coração sincero. Não porei coisa má diante dos meus olhos: aborreço as ações daqueles que se desviam; nada se me pegará” (Salmo 101:2-3).

4. Quando ativado por Satanás representa comunhão com as obras das trevas. “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas?” (Cor. 6:14).

5. Polui o fluir puro dos bons pensamentos. “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” (Fil.4:8).

6. Toca a coisa impura a respeito da qual Paulo advertiu. “Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em cousas impuras; e eu vos receberei” (2 Cor. 6:16,17).

7. É impróprio para a noiva que se prepara para Cristo. “Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo” (Apoc. 21:2). “…e habilitar para o Senhor um povo preparado” (Lucas 1:17).

8. Não devemos desperdiçar o tempo, mas remi-lo. “Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus” (Ef. 5:14-16).

9. Não devemos ser co-partícipes dos ídolos dos filhos da desobediência. “Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos; nem conversação torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, cousas essas inconvenientes; antes, pelo contrário, ações de graças. Sabei, pois, isto: nenhum incontinente, ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por essas cousas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais participantes com eles. Pois, outrora éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade), provando sempre o que é agradável ao Senhor. E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha. Mas todas as cousas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz” (Ef. 5: 3-13).

10. Os espectadores se assentam no trono da violência, o que remove a aflição pelo pecado. “Ai dos que andam à vontade em Sião…que imaginais estar longe o dia mau e fazeis chegar o trono da violência; que dormis em camas de marfim… as não vos afligis com a ruína de José” (Amós 6: 1,3,4,6).

11. Ela com certeza não renova a mente. “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rom. 12:1,2).

12. Representa o fermento do mundo e deveria ser lançado fora do lar. “Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento leveda a massa toda? Lançai fora o velho fermento, para que sejais nova massa, como sois, de fato, sem fermento.Pois também Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi imolado” (I Cor. 5:6-7).

13. Devemos mortificar tudo que seja imundo e idólatra. Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as cousas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas cousas lá do alto, não nas que são aqui da terra; porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria; por estas cousas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência].” (Col. 3: 1-3, 5,6).

14. É uma linguagem obscena da qual devemos nos despojar segundo o mandamento. “Agora, porém, despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar” (Col. 3:8).

15. Não é um viver inculpável e santo, digno de Deus. “Vós e Deus sois testemunhas do modo por que piedosa, justa e irrepreensivelmente procedemos em relação a vós outros que credes. E sabeis, ainda, de que maneira, como pai a seus filhos, a cada um de vós, exortamos, consolamos e admoestamos, para viverdes por modo digno de Deus, que vos chama para o seu reino e glória” (I Tess. 2:10-12).

16. Os espectadores não estão possuindo o próprio corpo em santificação e honra. “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, porquanto Deus não nos chamou para a impureza e sim para a santificação” (I Tess. 4:3,4,7).

17. É uma fonte poluidora da qual procedem a maldição e a amargura. “De uma só boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não é conveniente que estas cousas sejam assim. Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso? Acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a videira, figos? Tampouco fonte de água salgada pode dar água doce” (Tiago 3: 10-12).

18. Remove a vergonha causada pelo pecado. “Serão envergonhados, porque cometem abominação sem sentir por isso vergonha; nem sabem que cousa é envergonhar-se. Portanto, cairão com os que caem; quando eu os castigar, tropeçarão, diz o Senhor” (Jeremias 8:12).

19. Cristo nos chama a ungir os nossos olhos, não a envenená-los. “E colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas” (Apoc. 3:18).

20. Devemos purificar-nos de toda impureza da carne, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus. “Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus” (2 Cor. 7:1).

21.O ministério para Cristo requer que renunciemos às coisas desonestas ocultas. “Pelo que, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; pelo contrário, rejeitamos as cousas que, por vergonhosas, se ocultam, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; antes, nos recomendamos à consciência de todo homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade” (2 Cor. 4:1,2).

22. É um ídolo que causa confusão e deveria ser odiado. “E quem fizer tropeçar a um destes pequeninos crentes, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse lançado no mar” (Marcos 9:42).

23. Ofende as crianças, levando-as ao tropeço. “E quem fizer tropeçar a um destes pequeninos crentes, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse lançado no mar” (Marcos 9:42).

24. A visão conduz à prevalência da soberba. “A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma; o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices. Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro e ilumina os olhos. O temor do Senhor é límpido e permanece para sempre; os juízos do Senhor são verdadeiros e todos igualmente, justos. São mais desejáveis do que ouro, mais do que muito ouro depurado; e são mais doces do que o mel e o destilar dos favos. Além disso, por eles se admoesta o teu servo; em os guardar, há grande recompensa. Quem há que possa discernir as próprias faltas? Absolve-me das que me são ocultas. Também da soberba guarda o teu servo, que ela não me domine; então, serei irrepreensível e ficarei livre de grande transgressão. As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, Senhor, rocha minha e redentor meu!” (Salmo 19:7-14).

25. Já é tarde. Cristo volta em breve. Devemos rejeitar todas as obras das trevas. “Vai alta a noite, e vem chegando o dia. Deixemos, pois, as obras das trevas, e revistamo-nos das armas da luz. Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, nem em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada disponhais para a carne no tocante às suas concupiscências” (Rom. 13:12-14). “E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro” (I Jo. 3:3).

26. Deus ordena que o povo santo destrua e rejeite todos os ídolos. “Porém assim lhes fareis: derribareis os seus altares, quebrareis as suas colunas, cortareis os seus postes-ídolos e queimareis as suas imagens de escultura. Porque tu és povo santo ao Senhor, teu Deus; o Senhor, teu Deus, te escolheu, para que lhe fosses o seu povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra” (Deut. 7:5-6).

27. É amizade com o mundo, produzindo inimizade para com Deus. “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres. Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4:3-4).

28. A face do Senhor está contra os praticantes do mal, e os espectadores não estão apartando-se do mal, como foi ordenado. “Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a sua língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente; aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e empenhe-se por alcançá-la. Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males” (I Pe. 3:10-13).

29. Se você acha que se trata apenas de uma mácula em sua roupa, ainda assim está errado. “Por esta razão, pois, amados, esperando estas cousas, empenhai-vos por serdes achados por ele em paz, sem mácula e irrepreensíveis” (2 Pe. 3:14). “Vós, pois, amados, prevenidos como estais de antemão, acautelai-vos; não suceda que, arrastados pelos erros desses insubordinados, descaiais da vossa própria firmeza” (1 Pe. 3:17).

30. A televisão abrange as três tentações que Satanás introduziu no Éden. “Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente” (I Jo. 2:15-17).

31. Os vitoriosos que vêem o Senhor na Sua glória não necessitam disto. “Que mais tenho eu com os ídolos? eu o tenho ouvido, e isso considerarei” (Oséias 14:8).

Abraços,
Vincius A. Miranda

h1

Livros de Harry Potter

dezembro 5, 2008

haryOs livros de Harry Potter estão na lista dos numero 1 mais vendidos nos USA hoje. De uma olhada na lista das maiores livrarias americanas e suas vitrines. Vá até o AMAZON.com e leia a seção de opinião dos leitores. Ouça palestras de educadores e até mesmo educadores cristãos sobre como “É maravilhoso ver a juventude vorazmente abraçando a experiência da leitura”. Harry Potter é a criação de uma professora do Reino Unido que promove a feitiçaria e o satanismo.

Harry é um feiticeiro de 13 anos de idade, que blasfema abertamente contra Deus e contra Jesus, promovendo a feitiçaria seguida de vingança contra qualquer um daqueles que o desaponte. O livro lhe da exemplos de como fazer rituais com palavras de magia e invocação de poderes demoníacos, e vem até mesmo com a bibliografia completa das obras citadas, em anexo.

Isto é uma porta aberta para as crianças, adolescentes e até jovens entrarem no lado mais escuro e demoníaco do mal. O problema é que os pais não tem feito uma revisão do tipo de material que seus filhos estão lendo, e na verdade, se olharem somente o título do livro, parece realmente ser sem nenhuma ofensa…Harry Potter… Mas é onde toda a inocência acaba.

Deixe-me lhes dar algumas declarações de leitores já influenciados. ”Os livros de Harry Potter são o máximo porque me ensinam sobre magia e como você pode usar isto para controlar pessoas e ter vingança sobre os seus inimigos Eu quero aprender a “Praga do Cruciatos” para fazer sofrer a minha professora de ciências por ter me dado uma nota baixa”. Disse Craig Nowell, um garoto de 10 anos recém convertido a “Nova Ordem Satânica do Circulo Negro”, em Hartland, Wiscosin.

Veja o que disse uma garota de apenas 6 anos quando foi indagada a respeito do seu personagem favorito: ”Hermonie é a minha preferida porque ela é esperta e tem um gatinho. Jesus morreu porque ele era um fraco e um estúpido.” Disse Jessica Lehman, da Carolina do Sul. E aqui esta a declaração de Ashley, de 9 anos de idade, típica média de idade dos leitores de Harry Potter:

”Eu acreditava no que eles me ensinavam na Escola Dominical da Igreja. Mas os livros de Harry Potter me mostraram que a magia é real, é algo que eu posso aprender e usar agora, e que a Bíblia não é nada mas apenas um livro de mentiras chatas.” E então mostrou como invocar “CEREBUS” com palavras de magia tiradas do livro, que é um cão de caça de três cabeças do inferno…

Isto prendeu a sua atenção? Se não, que tal a declaração de um alto sacerdote da Primeira Igreja de Satanás em Salem, Massachusettes: “Harry é um enviado dos deuses para a nossa causa. Uma organização como a nossa, prospera com esse sangue novo, e nós temos tido mais pessoas se juntando a nós nestes dias do que podemos lidar, e é claro a maioria delas é muito jovem e ainda são virgens, o que para nos é realmente muito suculento!”

Em 1995, as pessoas que buscavam abertamente a adoração a satanás estava em torno de 100 mil. Este número tem crescido em torno de 14 milhões nos USA, o que na maioria são crianças e adultos jovens. Acho que posso oferecer uma explicação para estas coisas que estão acontecendo. As crianças tem sido bombardeadas com todo tipo de ação, aventuras, suspense e terror na TV e no cinema que nada mais do que Hollywood possa produzir não lhes dará o “poder máximo”…

Os pais tem negligenciado o que os filhos estão lendo e o que estão fazendo e simplesmente se sentem satisfeitos porque “o nosso pequeno Joãozinho está tão interessado na leitura…” E os educadores estão empurrando este lixo aos nossos filhos sem nenhuma advertência dos conteúdos ou dos efeitos nas suas mentes e vidas.
 
Ainda não esta convencido? E finalmente a declaração da própria autora J.K. Rowling, quando foi indagada sobre a oposição dos cristãos aos seus livros: “Eu acho que é absolutamente vergonhoso protestar contra livros infantis e alegar que eles estão ludibriando e levando as crianças para Satanás”, disse Rowling a um repórter do London Times em 17 de Julho deste ano numa entrevista.
 
“As pessoas deveriam ser gratas a eles por isso! Estes livros levam as crianças a entender que o fraco e idiota Filho de Deus não passa de uma brincadeira vivente e que será humilhado quando a chuva de fogo realmente começar a cair, enquanto isso, nós os servos fieis do Senhor das Trevas, vamos rir e celebrar com danças a nossa vitoria.”

Esta autora ate agora já publicou 4 LIVROS em menos de 2 anos dessa “enciclopédia de satanismo” e certamente ira escrever mais!
A serviço do Senhor Jesus, a ele a Honra e a Gloria. Acredito que nos podemos fazer alguma coisa!

Eu me orgulho de nunca ter visto um filme do Harry Potter… E tem gente que diz “não dá nada…”

Pense nisso!
Vinicius A. Miranda

h1

Você sabe o que é “Madrugadas com Deus”?

agosto 27, 2008

Você esta cansado de ter uma vida espiritual fraca?

Você gostaria de ter uma intimidade real com Jesus?
Isso é a Madrugada com Deus!
Ela é um projeto, que todo cristão deveria realizar para aprender a dedicar mais tempo a Jesus!Quanto tempo passamos na frente do computador ou na frente da TV e nem um terço desse tempo ficamos ao lado dEle! Se queremos ir p/o Céu, temos que nos acostumar a ficar pertinho de Jesus. Porque lá ficaremos toda a eternidade!
Como funciona?

Simplesmente, é você acordar uma hora mais cedo, e dedicar essa hora para ter mais comunhão com Deus. Porque em meio à correria da vida, às vezes esquecemos de ficar com Jesus porque temos muitos afazeres. Assim não terá como você chegar do trabalho, faculdade, e não ter disposição porque está cansado para isso, pois você logo cedo terá um encontro com Ele e isso mudara o seu dia inteiro!
O projeto é simples, você acorda e vai direto a fonte Ilimitada de Poder.Não vai arrumar o cabelo, colocar a roupa, espremer espinhas, é acordar e ir a um lugar para ler a Bíblia, meditações diárias, a lição, a apostila e orar.
É um projeto maravilhoso que muda a vida de quem participa!
Vou lhe explicar como começar.Amanhã mesmo, acorde uma hora mais cedo. Programe o celular, despertador…Ai você vai até um canto reservado para ficar a sós com Deus.
(A ordem que colocarei não precisa ser seguida a risca, você pode alterá-la para a maneira que mais lhe agrade)
Comece orando pedindo iluminação para ler a Palavra de Deus. Faça seu ano bíblico, e logo após leia a lição da escola sabatina.Depois disso, ore novamente a peça que Deus fale com você através de alguma passagem bíblica, e abra a Bíblia novamente. Pode ser no livro de Salmos, Provérbios, Atos, Evangelhos, como você achar melhor (essa leitura é independente do ano bíblico, é o momento que Deus falará com você através de sua Palavra).
Após o Papai do Céu ter lhe falado, comece a ler a apostila “Sem cessar”, você pode imprimila ou lê-la no computador (Ela é fundamental p/compreensão do projeto).
E finalmente, você vai falar com Deus. Pedindo para Ele lhe acompanhar durante o dia, a realizar as coisas que leu durante a madrugada, fazendo seus pedidos e agradecimentos.Após orar por você, ai vem o desafio!
Ore por cinco pessoas que não são cristãs, e depois de um tempo fale que você esta orando por elas, e depois de algumas semanas, as convidem para irem com você a igreja! Elas verão como você esta diferente, e não terão como negar!
Chegou o momento de levar a Jesus seus entes queridos, ou até mesmo amigos que há tanto tempo você queria ver ao seu lado na igreja!
O projeto das Madrugadas, duram 40 dias, esse é um desafio muito grande!
Terão dias que você terá vontade de desistir, mas, persista insista e nunca desanime, que você verá uma transformação em seu ser que você nunca imaginou que aconteceria!
40 dias para mudarem a sua rotina e formar um novo habito em sua vida: Dedicar a 1ª hora do seu dia a dia ao único que merece! Jesus!
“Ó DEUS, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água; Para ver a tua força e a tua glória, como te vi no santuário. Porque a tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios te louvarão. Assim eu te bendirei enquanto viver; em teu nome levantarei as minhas mãos.” Salmos 63: 1-4

Abraços,
Vinicius A. Miranda

h1

Oportunidades para falar de Deus

julho 4, 2008

Quem nunca ouviu falar em internet? Difícil encontrar esta pessoa, não é mesmo? Você já parou para pensar o quanto este veículo, em tão pouco tempo, tornou-se uma ferramenta poderosa de comunicação?

 

Há exatamente 13 anos, esta evolução começou a ser comercializada no Brasil e hoje ela está muito acessível através da escola, do trabalho e da nossa própria casa. Um benefício ou uma maldição? Tudo depende do uso que fazemos dela.

 

A internet pode ser utilizada para pesquisa, fazer novos amigos, estreitar relacionamentos, comércio, conhecer lugares, consultar mapas, entre muitos outros serviços.

 

E para a igreja? Como ela pode ser útil? Você já pensou em falar de Jesus por este veículo? Foi pensando nisso que foi criado o portal da Rede Adventista – www.redeadventista.org.br, uma maneira simples de colaborar, relacionando-se com pessoas que estão interessadas em conhecer mais sobre Jesus.

 

A Rede Adventista trabalha integrada ao projeto Impacto Esperança, que utiliza o domínio www.esperanca.com.br . Como funciona? Um interessado entra no portal Esperança e se cadastra para fazer estudos bíblicos. Esse precisa receber acompanhamento para tirar suas dúvidas, receber conselhos, visitas e orações, mas quem irá acompanhá-lo? Aí entra a ação da Rede Adventista, todos os adventistas podem realizar esta atividade. Existem quatro maneiras de ser um colaborador:

1.     Intercedendo: orando pelos pedidos de orações solicitados.

2.     Instruindo: tirando as dúvidas bíblicas dos alunos.

3.     Dando conselhos: orientando sobre assuntos de sua afinidade, como saúde, família, a Bíblia e outros.

4.     Visitando: conhecendo e criando vínculos pessoais com o aluno.

 

Como participar? Entre no endereço www.redeadventista.org.br e clique no link “Cadastre-se”. Preencha os dados solicitados. Uma confirmação será enviada para o seu e-mail. Confirme sua participação e aguarde a aprovação da equipe do Rede Adventista. Assim que aprovado, seu usuário estará habilitado para ser um ativo colaborador deste projeto.

 

Divulgue esta idéia para os seus amigos. Muitas pessoas estarão no céu por este trabalho. E lembre-se “Deus dá as oportunidades. O sucesso depende do uso que delas se fizer”. (Ellen White, Profetas e Reis, 486)

Abraços,
Vinicius A. Miranda