Posts Tagged ‘Comunhão’

h1

Qual é a sua experiência?

abril 15, 2010

No início de fevereiro, tive a chance de participar de um final de semana de oração com o pastor Samuel Neves, um brasileiro que lidera uma igreja inglesa. Na mensagem da sexta-feira, uma das primeiras indagações do pastor foi quem era Deus para cada um ali presente. E sem nos deixar pensar, ele afirmou que, se perguntássemos a Noé quem era Deus, ele certamente responderia que foi quem o mandou construir a arca do dilúvio. Para Samuel, talvez Aquele que o chamou pelo nome. Para Moisés, Aquele que abriu o Mar Vermelho.

Isto é, a Bíblia é um livro de histórias, relatos de pessoas que provaram do amor e grandeza de Deus. A mensagem do pastor Samuel me fez pensar o quanto é importante que tenhamos o nosso relacionamento com Deus, individualmente. Se alguém passa por uma doença, por exemplo, é impossível outra pessoa “sentir muito” por algo que ela nunca teve, não experimentou. Tenho percebido isso quando alguns perguntam como tem sido a minha experiência em outro país, afinal, por mais que eu tente detalhar, a situação leva a emoções indescritíveis, que podem ser vivenciadas apenas por quem passa.

Neste sábado, sugiro que você possa refletir nas perguntas a seguir: Quem é Deus para você? Você já provou do amor dEle? Se alguém te perguntar quem é Deus, você vai relatar a história de outra pessoa ou é capaz de contar sobre a SUA própria experiência? Se essas questões ainda permanecem sem respostas, busque conhecer o nosso Deus em espírito e verdade, pois quando nos deleitamos em seus caminhos, nos deparamos com a Sua grandeza e o Seu amor. Logo, seremos capazes de dizer aos outros da nossa própria experiência, da NOSSA história com Deus.

Tatyanne de Morais

h1

Sem medidas

junho 30, 2008

Luz“O grande derramamento do Espírito de Deus, o qual ilumina a Terra toda com Sua glória, não ocorrerá sem que tenhamos um povo esclarecido, que conheça por experiência o que representa ser cooperador de Deus. Quando tivermos uma consagração completa, de todo o coração, ao serviço de Cristo, Deus reconhecerá esse fato mediante um derramamento, sem medida, de Seu Espírito; mas isso não acontecerá enquanto a maior parte dos membros não forem cooperadores de Deus”. Serviço Cristão, p. 253.

Durante a 3ª Jornada Espiritual tive o prazer de ler esta forte e emocionante mensagem por alguns dias. Quanto mais lia, mais me agradava. Incrível o conteúdo que nos é deixado. A benção do Espírito Santo ocorrerá apenas quando o cristão tornar-se de fato um servo de Deus. A partir do momento em que fizermos isto, Deus reconhecerá e derramará bênçãos SEM MEDIDAS.

Podemos ser cooperadores quando aceitarmos Cristo como nosso Salvador. Freqüentar a igreja não nos torna mais cristãos, mas ter uma vida plena de comunhão é a solução para servir a Cristo e viver de acordo com a Sua vontade. Quem aqui já não escutou a frase “só se ama o que se conhece”? Do mesmo jeito acredito que ocorre na nossa relação com Deus. Se nós não conversarmos e lermos Sua Palavra, por exemplo, dificilmente iremos amá-Lo.

Portanto, busque ao Pai hoje mesmo. Se cada um cumprir o seu dever de cristão, “Deus reconhecerá esse fato mediante um derramamento, sem medida, de Seu Espírito”. Peça e Ele vai te conceder forças para viver exclusivamente por Ele.

h1

Qual música você está escutando???

junho 20, 2008

É só entrar num ônibus ou andar pela rua com mais atenção que você notará: o fenômeno de crescimento no número de MP3/MP4/IPod’s – ou Celulares com tudo isso – se alastrou por toda parte. Não posso falar sobre o tempo em que a novidade era o radinho de pilha – já que só tenho 20 anos – mas nem o walkman (toca-fitas k7(??) portátil!!) nem o diskman tiveram tamanho alcance. Talvez porque muitos desses novos aparelhos são práticos e não precisarem de novas pilhas, já que possuem uma bateria recarregável.

Para os que – como eu – gostam de ouvir rádio, sempre fica um sentimento no ouvinte de expectativa para que a próxima música seja uma que você goste ou conheça. Mas eu penso que o barateamento cada vez maior do preço da tecnologia de música portátil está permitindo que se realize o desejo de muitos: levar para o colégio, à faculdade, ao carro, ao ônibus, ao metrô, à rua ou ainda a 35 territórios a sua escolha, boa parte de sua discografia preferida.

E com essa facilidade, eu mais uma vez lhe pergunto: Qual música você está escutando?? O nosso cotidiano está cada vez mais corrido e na maioria das vezes nos impossibilita de muitas coisas, como de parar pra refletir em Deus e apreciar uma boa música com tranqüilidade. Mas se estressante e intensa nossa vida está, precisamos também cada vez mais não perder oportunidades para ter nossa comunhão com Deus em qualquer lugar (até naquele ponto de ônibus lotado!). Ouvir músicas inspiradoras nesses momentos é, sem sombra de dúvidas para mim, uma boa forma de abstrair o corre-corre e meditar em Deus.

Portanto, usemos nossos MP3’s da vida de forma sábia! Fique atento com o nível e a qualidade da música que você escolhe ouvir. Qual música você está escutando mais: secular ou cristã? Qual dos dois estilos você acha que vai te ajudar a crescer espiritualmente?

Fica aqui minha sugestão do que estou ouvindo – grupo inglês Delirious – um trecho de letra da música Majesty / Majestade.

Here I am, humbled by Your majesty (Aqui estou prostrado pela Tua Majestade)
Covered by Your grace so free. (Coberto pela Sua graça estou livre)
Here I am, knowing I’m a sinful man, (Aqui estou, sabendo que sou um homem pecador)
Covered by the Blood of the Lamb (Coberto pelo Sangue do Cordeiro)
assdasdad
Now I’ve found the greatest love of all, is mine, (Agora eu achei o maior amor de todos, é meu)
The greatest sacrifice (O maior sacrifício)
assdasdad
Majesty, Majesty (Majestade, Majestade)
Your grace has found me just as I am, (Sua graça me achou como sou,)
Empty handed but alive in Your hands (Mão vazias mas vivo em Tuas mãos)
Majesty, Majesty (Majestade, Majestade)
Forever I am changed by Your love, (Para sempre mudei pelo seu Amor)
In the presence of Your majesty (Na presença de Tua Majestade)

PARTICIPE! COMENTE E DEIXE SUA SUGESTÃO.

QUAL MÚSICA VOCÊ MAIS OUVE ATUALMENTE???

h1

Comunhão Restabelecida

abril 19, 2008

(pedindo licença a Taty e falando sobre o seu tema)

 

                Quarta-feira. 7h00. Tudo parecia normal em mais uma manhã sonolenta e nublada. A solidão e a calma daquele momento seriam propícias para ficar em oração com Deus, mas o estado da minha comunhão naquela semana não era dos melhores. Após os cultos (Adoração e Jovem) do sábado, o domingo, a segunda e a terça-feira passaram sem eu nem mesmo notar. Nesses dias, levantei, saí, voltei e não reservei um pouco do meu tempo para o Senhor do dele. Em meio ao meu cotidiano corrido de estágio – aula – aula e pesquisa e esgotamento mental e cansaço físico por volta das 22h. Mas aquela quarta-feira não seria igual às outras. Retomando o pensamento, a solidão e a calma daquele momento seriam propícias para ficar em oração com Deus… E Ele nos ama tanto que às vezes permite que algo (nem sempre bom) aconteça e nos alerte do perigo que corremos ao nos distanciar-nos dEle.

                Responda rápido: Quando estamos grelhando algo numa churrasqueira, ficamos perto (virando a carne, etc.) ou longe? Mais dormindo do que acordado, eu estava me preparando para grelhar numa churrasqueira elétrica (utensílio muito útil aos que estão de dieta) um steak de frango. Como de praxe, enchi de água a bandeja para amparar a gordura. Mas ela escorregou e assim encharquei a cozinha. Peguei o pano para começar a secar, mas antes fui até a geladeira para pegar o frasco de queijo-ralado. O que aconteceu? Exato, também o derrubei no chão. Confesso que alguns palavrões vieram até a ponta da língua, mas voltaram e só o que saiu foi “Culpa do sono. ACORDA!!!”. Agora o chão da cozinha era água e queijo. E então, um estrondo.

                Ao olhar para a churrasqueira, FOGO. A resistência superaqueceu e entrou em curto-circuito. A força foi tão grande que partiu os dois lados (de metal!) da resistência que se ligavam ao restante objeto. Fiquei como espectador vendo aquela cena e sem saber o que fazer. Foram mais ou menos 5 segundos de expectativa: o que aconteceria? O disjuntor disparou, cortou a corrente elétrica e tudo parou. Não tinha nada inflamável por perto, como óleo de cozinha, pano de prato, guardanapo, plástico e, incluindo nessa lista, EU. Deus permitiu que esse desastre acontecesse, mas usou minha desastrada desatenção para me proteger de um acidente que com certeza me vitimaria em maior ou menor escala. Várias perguntas rondavam meu pensamento, enquanto limpava a bagunça. Se eu não tivesse derrubado nada no chão, estaria bem próximo da churrasqueira na hora do estrago.

                Naquele momento eu estava totalmente atrasado para minha rotina, ou como muitos definem: sem tempo. Mas isso não importava porque estava conversando com o Senhor dele. Não deixe Deus de lado, perdendo seu dia. Antes de dormir, um vazio de que algo esta faltando será o que você vai sentir; mas reserve uns momentos com Deus e sinta-se completo.

 

“Everything must change
There’s a mirror showing me the ugly truth
These bones they ache with holy fire
But I’ve got nothing to give, just a life to live
If your world is without colour
I will carry you, if you carry me”

Every Little Thing

 

Até mais,

Guilherme Hugo

h1

Comunhão constante

novembro 26, 2007

Sair com amigos, escutar música e conversar no MSN são algumas das atividades que ocupam o tempo de grande parte dos jovens. São horas perdidas em tais atos, alguns fúteis, porém “prazerosos”. Sendo assim, possuir uma vida ou mesmo vício secular é tão fácil por que será que manter a comunhão constante com Deus é tão complicado? Por que é tão complexo dedicar alguns minutos para conversar com Ele?

Não sei quantos já tiveram a oportunidade de ler “Fuga para Deus” (Jim Hohnberger), na qual em um dos capítulos o autor faz uma ilustração de uma reunião entre Satanás e seus anjos. Neste capítulo, Hohnberger faz alusão aos planos e armadilhas que Satanás realiza para fazer com que o cristão não dedique seu tempo a Deus. O exemplo dado pelo autor foi figurativo, mas não acredito em divergências no mundo real.

O inimigo planeja tudo para nos afastar de Deus, são diversas atividades extensas que nos deixam tão cansados a ponto de sentirmos preguiça na hora de buscá-Lo ou até mesmo não aceitarmos a necessidade de falar com Ele. E uma coisa é clara: não somos auto-suficientes para deixarmos de buscar ao Pai. Necessitamos de Cristo a cada dia, a cada momento, seja no bom ou no triste. “Buscai, pois, em primeiro lugar, o Seu reino e a Sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”, Mateus 6:33.

Acho que a Bíblia é bem precisa quando fala que devemos buscar a Deus em primeiro lugar. Primeiro lugar significa buscar ao Pai antes de tudo. Falar com Deus, estudar a lição da Escola Sabatina, ler a Bíblia, ler livros do Espírito de Profecia e envolver-se com as atividades da igreja são as bases para manter o cristão fiel à comunhão diária com Cristo. Se você ainda não fez pelo menos nenhuma destas atividades hoje, ore a Deus e clame forças para que você possa ter comunhão constante com Ele não apenas neste momento, mas até a vida eterna.

“A comunhão do Céu começa na Terra” (Michael Abordo Lisay).

Um restante de dia abençoado para vocês! Até a próxima segunda!

Abraços,

Tatyanne Morais.