Posts Tagged ‘Exemplo’

h1

Cristo para alguém

agosto 6, 2008

Na minha igreja temos um Coral Jovem. Entre as músicas que ensaiamos, uma tem grande destaque para mim. O primeiro trecho diz assim: “Se não ti, de quem então? Muitos saberão o quanto Deus os quer. Se não de ti, não saberão de alguém que pode dar a paz e o até os cegos faz ver. Tu és talvez o único Cristo que verão, palavra única de amor dita por alguém. Deixa que vejam em teu viver Jesus o Salvador porque és talvez o único Cristo que verão”.

Após refletir na letra da música, me peguei pensando se realmente nós, cristãos, estamos cumprindo o nosso papel de seguirmos o exemplo de Jesus, de ser representantes aqui na terra. Isso mesmo, representantes porque algumas pessoas não têm a oportunidade de conhecer uma igreja e diversos crentes, mas dependem do nosso bom exemplo para saber que Jesus é Esperança, é Vida e que um dia Ele voltará para nos buscar.

Sendo assim, se a gente não cumpre o nosso papel de testemunhar, como estas pessoas serão salvas? “Ah, outra pessoa pode fazer por mim”, alguém pode pensar. Não, não pode. Se cada pessoa pensar desta forma, a mensagem do evangelho não será levada. Futuramente vamos ser cobrados por não termos usados nossos talentos e por ter desperdiçado “n” chances.

Portanto, você está permitindo que as pessoas vejam Cristo em você? Será que o exemplo que você está dando reflete o caráter de Jesus? Caso contrário, reverta esta situação hoje mesmo. Peça que Cristo molde a sua vida e assemelhe a sua personalidade a dEle. Lembre-se: ÉS talvez o único Cristo que verão.

Anúncios
h1

Seja cristão, seja diferente.

janeiro 14, 2008

Desde que eu comecei a postar aqui no Ação, sempre tive o desejo de escrever sobre o assunto de hoje. Mas, precisava antes de tudo, saber o “terreno em que estava pisando” para não dar bronca logo nos primeiros posts, né?! Contudo, cheguei à conclusão que não há “o momento” porque o bom exemplo que o cristão deve dar não tem hora certa. Na verdade, todo segundo é o momento para você mostrar ao mundo que você é diferente.

Toda vez que alguém comenta este assunto, sempre surge a questão: “E eu vou ser Jesus? Tenho que ser santo?”. Não, você não tem que ser santo. Afinal, estamos em um mundo pecaminoso e não vamos conseguir chegar ao céu sem cometer pecados. Porém, também nem vá se alegrando para cometer estripulias por aí. Vamos lembrar que tudo tem limites e nós, cristãos, devemos ter consciência dos nossos. O ideal é que tenhamos Cristo como modelo. Vejamos em João 13:15: “Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também”. Primeiro, acreditamos na Bíblia, não é isso? Pois bem, temos que seguir o que Cristo nos ensina e em João Ele mostra claramente que devemos dar o bom exemplo, assim como Ele nos fez.

Nós costumamos falar bastantes frases do tipo “eu não estou nem aí, podem falar de mim que eu não ligo para a opinião dos outros”. Um cristão correto não deve agir deste modo. A Bíblia também fala claramente que não podemos escandalizar o nosso irmão. “Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno” Mateus 5:29.

 

 

Enquanto isso, há pessoas que se dizem cristãs e estão bebendo, quebrando o sábado, dançando, filando nas provas da escola ou faculdade, mentindo, adulterando, fumando, mantendo relações sexuais antes do casamento… são tantos pecados que não podemos listar. O pecado é bom, não vamos ser hipócritas e negar. Afinal de contas, se não fosse prazeroso, ninguém faria, não é? Mas toda “diversão” listada acima é passageira. Apenas a vida futura que Deus nos promete é eterna. Outra coisa também, de que adianta você ficar dizendo que é um cristão, que é diferente e fica realizando as mesmas atitudes do mundo secular? Esse é um dos questionamentos de muitas pessoas que ainda não se converteram, sabiam? Que fique claro que não estou julgando ninguém, até porque também faço parte deste mundo em pecado, todavia, o meu objetivo ao postar é mostrar que tudo isso ocorre por falta de confiança em Deus, de leitura da Bíblia. Se você vai a um ambiente indevido para um Cristão, não vá. Se está percebendo que o filme não possui a filosofia de vida que você leva, não assista-o. Se seus amigos te convidam para sair e você acha que não vai resistir à qualquer tentação, recuse tal saída, mas não faça parecer que você é anti-social, de outro mundo. Mostre que você pertence a Deus e que essa vida de pecados não é a que Ele quer para você, nem para nenhum de nós. É melhor você dar um bom exemplo a perder a sua salvação.

Sabemos que isso são artimanhas do inimigo que faz de tudo para nos distanciar de Deus. Porém, tenho certeza que se nós estivermos em comunhão com Deus, Ele não nos dará dificuldades que não possamos suportar. Deus conhece os nossos limites mais do que nós mesmos. Em oração, revele a Deus as suas tentações e as suas fraquezas. Conte também o seu desejo de mudar, de ser um cristão, de ser diferente. Peça a Ele agora mesmo para que você confie mais nEle, para que Ele ajude-o a assemelhar-se ao caráter de Jesus. “Confia nEle, e Ele o fará”. Salmos 37:5.

Até segunda!

Taty.