Posts Tagged ‘miller’

h1

Saiba mais sobre George Miller

fevereiro 15, 2007

George Müller (1805-1898) A religião pura e sem mácula… é esta: visitar os órfãos e as viúvas. Tia. 1:27 Estas palavras foram sempre um inspiração para George Müller, o Príncipe entre os Intercessores. Diz o seu biógrafo, o falecido irmão Haroldo Lobo, que Müller foi o cristão que viu 50.000 de suas orações respondidas! Daqueles que se consagraram à obra em favor do próximo, depois da Igreja Apostólica no fim do primeiro século, talvez não haja exemplo de tão absoluta consagração na história cristã com a de quem, na Inglaterra, acabou conhecido como sendo um dos maiores, senão o mais notável, intercessor dos tempos modernos.

Aquela vida tornou-se valoroso testemunho da certeza de que o Céu estava atento às permanentes necessidades do seus inquilinos deste planeta, e que os recursos humanos estão nas mãos da Providência. – George Müller, pág. 21. Se alguém andou com Deus, Müller está nesta galeria de heróis da fé. Ele tinha fé na oração e esta foi a sua arma poderosa a vida toda. Ele pode ser considerado o homem mais poderoso dos tempos modernos porque, depois de Cristo, foi o mortal que mais orou e mais respostas recebeu de suas orações! Nasceu na Prússia e sua infância e juventude nem sempre foram um retrato das boas atitudes cristãs. Bebida, jogava, vivia extravagantemente, não pagava os hotéis luxuosos em que se hospedava e foi até parar na cadeia por um mês. Tornou-se cristão quando estudava na universidade; sentia-se infeliz, mas assistiu uma reunião de oração de oito estudantes e ali aceitou a Cristo. Seu grande amor por Ele encheu seu coração. Começou a orar e a aproximar-se dos crentes.

Mudou-se para a Inglaterra aos 24 anos de idade. Casou-se com Mary Groves, boa esposa. Aprendeu a andar com Deus e o Senhor o aceitou como companheiro. Lendo sobre Augusto Gramke e seu trabalho com órfãos, Müller achou que um orfanato era o seu sonho missionário. E este orfanato seria mantido só pela oração! Pediu a Deus que mandasse os fundos e os obreiros. E pediu a Deus mil libras, bastante dinheiro naqueles tempos. Primeiro entrou apenas um shilling (a vigésima parte de uma libra!).Foi essa ninharia o começo de uma esplendorosa instituição! – Ibidem, pág. 31. Em menos de dois anos já havia cinco orfanatos! Nunca pediu nada diretamente a ninguém, mas só a Deus! E o Senhor movia os corações. Uma fé estupenda! Müller orava sem cessar. Em vinte anos construiu cinco grandes prédios em Bristol, sem pedir um centavo; abrigava 2.000 crianças. Leu a Bíblia mais de 100 vezes, de tanto que a amava. Oro andando, ao deitar, ao levantar… Quando me convenço de que devo orar por algo bom e justo, continuo a orar até obtê-lo. E nós?

Anúncios