Posts Tagged ‘poder’

h1

Olhos no Céu

novembro 13, 2009

olhos_ceu

 

“Se permitíssemos que nossa mente se demorasse mais em Cristo e no mundo celestial, encontraríamos poderoso estímulo e auxílio em lutar as batalhas do Senhor. O orgulho e o amor ao mundo perderão o poder ao contemplarmos as glórias daquela Terra melhor, que logo será nossa pátria. Ao lado da beleza de Cristo, todos os atrativos terrestres parecerão de pouco valor.” Mensagens aos jovens, pág 113

E ai? Onde você tem mantido seus olhos?

Deus o abençoe,

Felipe Scipião

h1

O poder da Palavra – 2

janeiro 23, 2008

Todos nós já ouvimos falar de um homem chamado Lutero. Alicerçado em um profundo amor à Palavra de Deus, fez da mesma uma poderosa espada que reprimia erros, superstições e intolerância na sua época.

Como campeão da verdade, Lutero ousadamente tomou o Livro olvidado, que por séculos permaneceu confinado no recesso dos mosteiros e catedrais, e, proclamando ao povo os seus luminosos ensinos, dissipou as trevas do erro, tornando vitoriosa a causa da Reforma.

Quando intimado a se retratar de seus ensinos perante o Imperador Carlos V, na dieta de Worms, mostrou-se disposto a submeter-se às decisões de um concilio geral, sob a condição de que todas as decisões se harmonizassem com as Escrituras. Quando ameaçado de ser condenado à morte, respondeu com ousadia: “Coloco minha pessoa e minha vida nas mãos do imperador; mas a Palavra de Deus nunca!”

Tendo em suas mãos o Livro negligenciado — “a espada do Espírito” — o reformador foi mais forte que o papa e os cardeais, o imperador dos príncipes, a Dieta e os concílios, os Estados e Continentes.

Há muitos anos passados um pregador concluiu que o seu pequeno exemplar do Novo Testamento, que ele grandemente amava como a um tesouro, necessitava receber uma nova encadernação. Assim, enviou-o a um encadernador. Este, ao concluir o trabalho, verificou existir um espaço limitado ao longo do dorso do livro para imprimir em letras de ouro as palavras em inglês: “The New Testamet.” Decidiu, então gravar apenas as três iniciais daquele título TNT. Isto parece ter sido inspirado, porque a Bíblia foi no passado e pela graça de Deus, o será no presente e no futuro, como “TNT” uma substância de reconhecida capacidade explosiva.

Quem poderá medir o extraordinário poder explosivo deste venerado Livro, na árdua batalha contra a apostasia e as forças confederadas do mal? Este poder é facilmente visualizado quando lembramos do que ocorreu em 1787 quando o rei Jorge III, da Inglaterra, enviou o navio Bounty à ilha de Taiti, no sul do pacifico, para trazer de lá mudas de fruta-pão. As plantas deveriam ser levadas para a Jamaica e ali plantadas, a fim de aumentar o suprimento de alimentos de seus habitantes.

À altura porém do arquipélago de Tonga, os tripulantes da embarcação se amotinaram e seu comandante William Bliger, juntamente com os marinheiros que lhe permaneceram fiéis, foram abandonados em um pequeno barco a vagar no oceano.

Tomando 9 mulheres taitianas, e uma jovem de 15 anos, os amotinados buscaram esconderijos num lugar perdido em meio ao oceano — a ilha de Pitcairn . E ali, naquele remoto recanto, viveram um drama cruel e emocionante, escrito com álcool e sangue.

Um dos marinheiros que havia trabalhado em uma destilaria na Escócia, conseguiu produzir álcool de uma planta nativa e, não tardou para que a ilha se transformasse num cenário de sangrenta disputas. O vicio, a degradação e o ódio precipitaram uma luta de extermínio entre os polinésios e o brancos amotinados. Decorridos 5 anos, todos os homens, exceto dois estavam mortos. Mas um dos sobreviventes veio a falecer, vítima de uma crise asmática. Restaram dez mulheres, vinte e três crianças, e Smit, o último dos amotinados.

Pensando na vida pecaminosa que viviam e no futuro daquelas crianças, Smith lembrou-se de que num dos baús de Bounty havia uma Bíblia. Lendo-a diariamente, Smith começou a experimentar em sua vida uma surpreendente transformação. Arrependido de suas transgressões, decidiu ensinar os demais habitantes da ilha a ler. Ensinou-lhes também as
lições preciosas do evangelho, e a mesma transformação miraculosa sentida por Smith passou a se fazer sentir em todos os habitantes da ilha.

Anos mais tarde, o navio Topaz visitou Pitcairn e encontrou uma próspera comunidade sem bebidas alcoólicas, sem criminosos e conseqüentemente, sem cadeias. A Bíblia havia mudado radicalmente o estilo de vida daquela comunidade. “A exposição das Tuas palavras dá luz; dá entendimento aos símplices” ( Salmos 119:130).

Hoje os quase cem habitantes da ilha professam a fé adventista. O precioso exemplar do Livro de Deus que transformou a ilha em um paraíso está agora guardado dentro de um cofre de madeira, na capela adventista, o único edifício religioso ali existente.

Quão extraordinário é o poder da Palavra.!

->Para baixar este texto em espanhol clique aqui
->Para descarregar este texto en español clic aquí

Pr. Jeú Caetano

h1

O poder da Palavra – 1

janeiro 16, 2008

“Também o reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem, e compra aquele campo.” Mateus 13:44

Séculos passados, os reinos ao redor do antigo Sião enviavam exércitos e bandos de assaltantes para a parte sul do país, decididos a saquear os tesouros do templo e raptar as belas mulheres siamesas para serem suas esposas.

Os siameses, na ânsia de proteger seus tesouros cobriam as mais valiosas imagens de Buda com argamassa barata. Quando as tropas saqueadoras viam esses ídolos de aparência barata, não os roubavam por julgá-los sem valor.

Por muitos anos, uma destas imagens de Buda adornou uma escola paroquial em Bangcok. Os sacerdotes do templo queriam tirar do lugar a feia imagem, sobre a qual subiam os meninos da escola, em suas brincadeiras. Ela, porém era muito pesada.

Contudo, os sacerdotes finalmente decidiram quebrar a incômoda imagem, para que fosse removida aos pedaços. Removida a argamassa que a recobria, os trabalhadores, pasmados, viram uma figura de ouro maciço! Uma investigação posterior revelou cinco toneladas de ouro, noventa por cento puro, avaliadas em sete milhões de dólares! Por muitos anos, aquela escola paroquial tinha, em seu recinto, uma grande fortuna sem saber que a tinha.

Agora tomemos esta história e coloquemo-la ao lado de outra, da Bíblia. É a história do homem que encontrou um rico tesouro no campo.

Na parábola, o campo que encerra o tesouro, representa as Sagradas Escrituras. E o evangelho é o tesouro. A própria terra não está tão premiada de veios auríferos nem tão cheia de preciosidades como a Palavra de Deus” – PJ, pág. 104.

Debaixo daquele exterior barato, o ídolo siamês, continha um tesouro de ouro maciço que valia milhões de dólares. Da mesma forma, por baixo da inexpressiva capa da sua Bíblia, há um rico tesouro que vale muito mais do que os milhões de dólares do ídolo da escola paroquial. Dentro das páginas desse Livro abençoado a pessoa encontra a vida eterna, e tudo o que significa!

Jorge Cortês vivia na Colômbia, América do Sul. E estava cumprindo sua sétima condenação, na cadeia. As drogas e o crime lhe pareciam ser o caminho da vida. Seu último raspão com a lei envolveu assalto a um lojista.

A permanência atrás das grades meses a fio, numa ocasião, não o curou de cometer crimes. Quando via algo que queria apanhava-o não raro sofrendo conseqüências.

A vida na prisão era muito monótona. Coisas para ler eram escassas, e assim certo dia em que viu um Novo Testamento na mesinha da cela de outro prisioneiro, apoderou-se dele, com o objetivo de lê-lo para passar o tempo.

Embora a mente de Jorge estivesse enevoada pelas drogas, ao começar a ler o Livro o poder do evangelho começou a penetrar em seu cérebro confuso. Quanto mais lia, mas queria ler. Aquele Livro era diferente dos romances e revistas baratas que costumava ler. Tinha um poder em si, um estranho poder que Jorge jamais sentira antes na vida, e isto produziu-lhe um tremendo impacto.

Descobriu que aquele Livro falava de um Homem, não de um homem comum, mas de alguém cujo nome é Jesus – um Homem que realizava milagres e entrava na vida das pessoas. E logo Jorge sentiu que esse Homem entrara em sua vida também.

Quando o jovem transgressor da lei foi libertado, foi morar com um parente. Ali ele encontrou mais livros sobre a Bíblia um deles de modo especial, despertou-lhe o interesse, era sobre a segunda vinda de Jesus. O livro declarava que esse Homem maravilhoso logo viria de novo a este mundo.

O pastor Santader Iglesia estava justamente começando uma série de conferências na região, e o moço as assistia regularmente. No final das reuniões, Jorge foi batizado e a seguir entrou na obra da colportagem, partilhando com outros sua nova fé.

Querido jovem: Na verdade “A Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes” (Hebreus 4:12). Ela transformou a vida de Jorge Cortês; Ela fará a obra necessária na sua e na minha vida, se apenas permitirmos que ela a faça, estudando-a diariamente.

->Para baixar este texto em espanhol clique aqui
-> Para descarregar este texto en español clic aquí

Pr. Jeú Caetano

h1

A Bíblia tem poder

dezembro 26, 2007

“Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.”

Mateus 4:4

Há muitos anos atrás uma senhora, na Espanha, desejando fazer algo especial para o Senhor, decidiu distribuir Bíblias. Encontrou um pedreiro levantando um muro. Sabendo que ele nunca tivera uma Bíblia, deu-lhe uma, escrevendo nela o nome do pedreiro. O homem ficou sem jeito de rejeitar a oferta, mas quando a senhora saiu, resolveu: “Eu nunca vou ler isto e quero estar certo de que ninguém a lerá também.” Então apanhou a Bíblia e colocou-a entre as pedras do muro que estava levantando. Rebocou-a lá dentro, certo de que, pelo menos aquele exemplar estaria escondido para sempre.

Poucos anos depois, um terremoto atingiu aquela região. Um dos inspetores do Governo, encarregado de examinar os danos, encontrou uma fenda no muro. Procurando ver a profundidade para avaliar o grau do tremor, com grande surpresa encontrou a Bíblia. Cuidadosamente a tirou de lá. Folheou-a rapidamente e decidiu levá-la para casa.

Naquela noite começou a estudá-la e sentiu que estava lendo a Palavra de Deus. Algum tempo depois o inspetor estava de joelhos, agradecendo Jesus por ter morrido por ele. Entregou-se a Cristo e tornou-se um vendedor da Sociedade Bíblica, na Espanha, vendendo Bíblias de cidade em cidade.

Um dia, porém, ele aproximou-se de um pedreiro para vender-lhe uma Bíblia. O pedreiro contou-lhe que não tinha interesse algum em Bíblia, e como havia “sepultado” num muro a única que ganhara de presente. O vendedor de Bíblias ao ouvir isto, abriu sua bolsa e tirou a Bíblia que encontrara no muro rachado. Lançou um rápido olhar à página inicial onde havia um nome, mencionando então ao homem o nome dele. O pedreiro boquiaberto, sentou-se enquanto ouvia a história do ex-inspetor. Naquele dia, o pedreiro decidiu ler o estranho livro, pois jamais imaginara encontrar aquela Bíblia outra vez.

O poder da Palavra de Deus se fez presente quando o pedreiro aceitou a Cristo, após ter estudado as verdades bíblicas.

 

Quando examinamos as Escrituras com oração, nós encontramos a Cristo, pois Ele está estampado em cada uma de suas páginas. Assim, ao depararmos com Ele, encontramos os segredos de uma vida terrena feliz; além das promessas da vida eterna.

Leiam a Bíblia a cada dia, pois há em suas páginas poder para fazer-nos fortes contra as tentações, e também, jovens melhores.

Até a próxima semana,

Pr. Jeú