Archive for abril \25\UTC 2009

h1

Do Brasil para o Mundo

abril 25, 2009

Olimpíadas fazem parte do cotidiano de muitos jovens do ensino médio. Química, física, matemática e biologia são as que mais se destacam. Porém, a maior parte dessas olimpíadas ocorrem aos sábados. Como um adventista poderia fazer uma olimpíada dessas? Existe a possibilidade, porém, é complicado o aluno fazer a prova após o sábado. A mudança do dia da prova é algo que praticamente não pode ser feito.

O PortalJA entrevistou Walter Collyer Braga, adventista, terminou o ensino médio ano passado(2008). Walter desde sua sexta série(atual sétimo ano) teve contato com olimpíadas de química. O garoto muito inteligente, esforçado, nunca abandonou seus princípios religiosos, sobretudo a guarda do sábado.

Walter participou de várias olimpíadas estaduais, brasileiras, ibero-americana e em 2008 foi um dos quatro brasileiros selecionados a ir para a International Chemistry Olympiad (IchO) (Olimpíada Internacional de Química), na Hungria. Para garantir uma vaga na equipe os quatro estudantes percorreram longo caminho na Olimpíada Brasileira de Química, participaram de seletivas realizadas em seis fases, as três primeiras iniciadas em 2007 e as fases finais no primeiro semestre de 2008, uma delas avaliou conhecimentos de técnicas de laboratório. Os quinze estudantes mais bem colocados nessa série de avaliações se deslocaram para Teresina e, durante 15 dias, participaram de cursos e discussão com professores do Curso de Mestrado em Química da UFPI. Após essa etapa foram escolhidos os quatro representantes brasileiros na 40º IchO na Hungria. Hoje Walter, calouro do curso de Medicina na Universidade Federal do Ceará, sente-se com a consciência tranquila por nunca ter transgredido o quarto mandamento.

Como Walter conseguiu tudo isso? Vamos conhecer um pouco mais sobre seu relato.

—-

PortalJA: Você é adventista há quanto tempo?

Walter: Desde criança.

PortalJA: Como foi seu contato com as olímpiadas? Sempre gostou de química?

Walter: Foi na minha sexta série, por um clubinho de ciências, o qual nem tinha sido chamado pra saber. Nesse clube passavam aulas de química, eu não tinha nem sido chamado para fazer, falei com o coordenador e ele deixou eu fazer. No ano seguinte que começaram realmente as olimpíadas. Sempre gostei de química.

PortalJA: Como você conseguiu fazer a olimpíada pela primeira vez sem ser no sábado?

Walter:Foi a OCQ, ela seria num sábado e eu não tinha muitas esperanças para fazer, pois era no sábado e as organizadoras era muito rígida. Eu falei com o coordenador, e ele me perguntou como eu tinha ido em outra olimpíada, eu disse que não tinha passado, e o coordenador de uma cara de desanimo. Mas, mesmo assim ele falou que ia me escrever na cearense e caso eu quisesse fazer no sábado eu ia. Eu deixei em aberto e perguntei se existiria como mudar o dia da prova ou ooutro jeito que eu podesse. E o coordenador disse que iria perguntar a coordenadora. A partir desses dia, todos os dias eu ia perguntar o coordenador se ele tinha conseguido falar com a coordenadora. Até que numa quarta-feira antes da prova do sábado, ele falou comigo que eu e mais três adventistas iriam realizar a prova, só que depois dos por do sol.

Teve até uma coordenadora que ficou com muita raiva, mas como a coordenadora chefe disse que poderiamos fazer, então, nós fizemos a prova. Porem ela tinha dito que no outro ano nos não poderíamos fazer. Nessa prova eu fiz, e tirei primeiro lugar, graças a Deus.

PortalJA: Ao seus colegas observarem que você não fazia a prova com eles, o que eles disseram?

Walter: Eles brincavam muito com a minha cara. Porém entendiam. Alguns até falavam que iam virar adventista também, brincando.

PortalJA:Em algum desses momentos você pensou em desistir de guardar o sábado?

Walter: Não. Eu pensava numa olimpíada futura (internacional ou ibero) o que os outros pensariam de mim se eu não fizesse a prova no sábado. Eu vi que não valeria a pena deixar de guardar o sábado por causa de uma prova, mesmo ela sendo bem importante e bem significante.

PortalJA: Teve algum professor seu que te desestimulou ao saber que você era um sabatista?

Walter: Não. Todos eles ficavam surpresos e apreensivos por cada olimpíada que aconteceria em um sábado, porém graças a Deus eu me dava bem.

PortalJA: Você se sentiu desestimulado?

Walter: Não. Sempre tive esperanças que sempre iria conseguir fazer todas as olimpíadas e que iria dar certo. Era aí que eu estudava mais para provar para os outros que eu era capaz.

PortalJA: Ao fazer a Ibero Americana a prova também iria cair em um sábado. Você como sabemos, não iria fazer essa prova. O que você fez para reverter a situação?

Walter: Nós estávamos na UFC assistindo aula e eu não sabia quando iria acontecer a prova. Eu comecei a procurar o site da olimpíada na internet, e a primeira coisa que eu ia ver foi a data. Essas olimpíadas internacionais sempre possuem uma prova pratica e outra teoria, em dias alternados. E eu mandei logo um e-mail para o coordenador dizendo que se a prova fosse no sábado eu não iria, ele me respondeu e dizendo que seria quase impossível eu fazer, pois os horários eram muito rígidos, mas ele iria fazer o possível.Segundo o coordenador, nunca tinha acontecido esse fato com ele. Passou um tempo e ele pediu para que eu fizesse uma carta explicando os meus princípios e enviar para a coordenadora geral da olimpíada.Essa carta iria para todos os coordenadores dos países. E cada coordenador desses iria dar sua opinião, no final a coordenadora geral aceitou que eu fizesse a prova.

Porém nessa olimpíada uma iria cair na sexta(prova prática) e a outra no sábado. Houve até um fato interessante que nesse dia na Costa Rica houve uns furacoes que destruíram as estradas e eu e os outros estudantes ficamos presos no hotel. Nos começamos a fazer a prova as 14h e terminaria às 18h. Eu corri e terminei a prova antes do por do sol.

PortalJA: Em algum desses momentos você pôde falar do amor de Deus pra ele?

Walter: Às vezes algum professor achava besteira em relação ao sábado, mas que respeitava. Mas eu sempre achei que era importante e que era princípios, e fazendo isso eu estaria provando que tenho respeito e amor a Deus.

PortalJA: Ao ir pra Mundial de Química, em algum momento você teve que não guardar o sábado?

Walter:Não. A olimpíada durou 11 dias, mas as provas foram realizadas numa terça e numa quinta, pela manhã.

PortalJA: Após ter tido todos esses resultados, como se sente? Missão cumprida?

Walter: Sim sim… Pra quem começou brigando por fazer uma olimpíada e chegar a uma internacional para mim foi muito bom. Eu cheguei até a fazer provas e terminar meia noite e meia…E chegar em uma mundial e ganhar uma medalha, para mim foi trabalho cumprido.

PortalJA: E o que voce acha do futuro das olimpíadas e provas que ocorrem aos sábados?

Walter: Esse ano já houve a reunião da Cearense e já foi barrado, nenhum adventista pode fazer, a menos que façam no sábado. Mas em relação à brasileira, ainda está sendo respeitado. E na Ibero houve uma reunião para nunca mais ter provas aos sábados.

PortalJA: Qual mensagem voce diria para os que estão lendo essa entrevista?

Walter: Que sempre guardem o sábado. O sábado não cause empecilho a ninguém. Há como você conciliar, e mesmo que tenha aulas aos sábados, não vá, pois dá pra ter seu estudo integro sem falhas e alcançar seu objetivo de uma universidade ou de uma olimpíada, ou algo do tipo.

PortalJA : Quantas medalhas?

Walter: 13 medalhas

– Cearenses

2 ouros, 1 prata e um bronze.

-Brasileiras

Uma prata e dois ouros.

-Norte/Nordeste

Um bronze, duas pratas.

-Maratonas Cearenses

Um ouro.

-Ibero-Americana

Prata.

-Internacional

Bronze.

Delegação Brasileira na Hungria - Walter, o terceiro de cima da esquerda pra direita.

Delegação Brasileira na Hungria - Walter, o terceiro de cima da esquerda pra direita.

Anúncios
h1

Esperança de um novo mundo

abril 21, 2009

esperancanovomundo

Hoje vivemos em um mundo altamente turbulento.

Guerras, fomes, tristeza e mortes são palavras insuficientes na descrição de um planeta tão desvastado.

Mas, felizmente e graças a nosso bom Deus, temos a esperança de viver em um mundo sem pranto nem dor, onde lágrimas não mais cairão nas nossas faces, onde o amor pode reinar. Mundo tão maravilhoso que por mais que possamos tentar descrever e imaginar, nem se comparam com o que será. Porque  “nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” I Coríntios 2:9.

“O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado. Uma única palpitação de harmonioso júbilo vibra por toda a vasta criação. DAquele que tudo criou emanam vida, luz e alegria por todos os domínios do espaço infinito. Desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e perfeito gozo, declaram que Deus é amor. ” O Grande Conflito, pág. 678

Abraço,

FSM

h1

Debaixo do sol

abril 12, 2009

debaixodosol

Parar para refletir naquilo que acontece conosco é uma maneira proveitosa de fazer uma análise de como temos conduzido nossa temporada na Terra. A verdade é que para todas as coisas há um tempo determinado por Deus.
Os ensinamentos de Eclesiastes 3 e as preciosidades escritas naquele texto, são um incrível consolo para quem é humano e portanto, ansioso, não costumando procurar entender as pausas de Deus.
Aquietar os nossos sentimentos, olhando para o horizonte e enxergando que há tempo pra tudo, não é algo alcançável do dia para a noite. Aliás, nada na escada da fé é do dia pra noite!
É agradável ler conselhos práticos sobre aquilo que Deus pretende para nós debaixo do céu. Saber que existe Alguém com atributos infinitos, que é capaz de acalmar as batidas do nosso coração, nos dando orientações reais sobre como podemos racionalizar o tempo que Ele nos dá, é de uma beleza sem limite!
Por sermos imperfeitos, naturalmente condicionamos nossas alegrias a eventos futuros e incertos, quando na verdade aquilo que Deus estabelece é que olhemos para cada detalhe da vida, notando que os acontecimentos tristes ou alegres chegam para nos ensinar a compreender que Ele fez tudo formoso em seu devido tempo.
Desempenhamos diversas funções, nos envolvemos em mil atividades e pouco tempo deixamos para observar o quanto já somos abençoados por fazermos parte da amplitude dos planos de Deus.
Se chorarmos no caminho até que tais planos sejam revelados, nossas lágrimas cairão, talvez fiquemos sem palavras, poderemos perder certas conquistas, teremos aborrecimentos, porém chegará o tempo dos grandes testemunhos, dos sorrisos, dos abraços e das edificações.
Que não paremos um só dia de plantar e plantar, pois assim sempre teremos o que colher. A felicidade debaixo do sol nunca será completa, mas a alegria de imaginar a eternidade ao lado de quem É amor, é capaz de nos fazer sorrir ao vislumbrar como será o lugar da justiça.

Contribução: Priscila Julião, jovem adventista, Recife

h1

Palavras de Esperança

abril 2, 2009

Palavras de EsperançaClique aqui para obter maiores informações.